ATUALIZAÇÃO: Operação Integrada II: presos teriam ligação com facções criminosas

A Operação dá cumprimento a mandados de prisões por tráfico de drogas e homicídio em Parnaíba, Luís Correia e Buriti dos Lopes

27/05/2021 08:17h - Atualizado em 27/05/2021 11:11h

Compartilhar no

Atualizado às 11h

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão realizados na Operação Ação Integrada II, no litoral do Piauí, secretário de Segurança do Piauí, coronel Rubens Pereira, enfatizou a prisão de 20 pessoas e a participação delas com o crime organizado na região. Além disso, ele destacou que até o final do dia de hoje (27), alguns presos serão transferidos para outras unidades prisionais mais seguras.

“Hoje realizamos a prisão de 18 pessoas envolvidas na criminalidade aqui na região, inclusive, os indícios são fortes de que pertencem a facções e organizações criminosas. O sistema de segurança pública e as forças policiais estão no enfrentamento contra a criminalidade violenta em toda a região”, disse o .

O secretário destacou que a polícia está fazendo buscas ostensivas na região. Ainda hoje, alguns presos considerados de alta periculosidade serão transferidos, pela Secretaria de Justiça, para outras unidades prisionais com mais segurança

Matéria original

Foi deflagrada na manhã desta quinta-feira, 27, a Operação Ação Integrada II para dar cumprimento a vários mandados de busca e apreensão nas cidades de Parnaíba, Luís Correia e Buriti dos Lopes. Foram presas 20 pessoas, sendo 04 em Flagrantes e os demais por mandados de prisões. 

A ação é em parceria da Secretaria de Segurança Pública do Piauí e Secretaria de Justiça, por meio das Polícias Civil, Militar e Penal. Cerca de 150 policiais participam da operação no litoral piauiense com vistas a coibir crimes na região, principalmente o tráfico de drogas e homicídios.


primeira Operação Ação Integrada em Teresina que resultou na prisão de 15 pessoasocorreu em 12 de maio: nove delas tinham como alvos indivíduos procurados pela justiça e que estavam à solta pela capital, e seis tinham como alvos indivíduos que já se encontravam presos, mas que receberam uma nova sentença condenatória em outros processos. Dentre as nove prisões efetuadas nas diligências por Teresina, duas delas ocorreram em flagrante por tráfico de drogas. 

O delegado Willame Morais, coordenador da Divisão de Capturas da Polícia Civil afirma que, "Essa operação reúne todas as forças de segurança da capital para combater a criminalidade e diminuir os índices de violência. Nós apreendemos drogas, balança de precisão, dinheiro, uma pistola 9 milímetros e uma picape de luxo. Alguns dos presos falaram inclusive que são de facções criminosas que estão atuando aqui em Teresina", disse o delegado.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário