• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Secretária diz que novos requisitos tiraram cidades do Mapa do Turismo

Correção: Cajueiro da Praia e Ilha Grande permanecem no Mapa. Foram 47, em vez de 40 municípios excluídos.

04/09/2019 16:04h - Atualizado em 06/09/2019 20:37h

A Secretária de Estado do Turismo do Piauí, Carina Câmara, esteve na redação do O Dia nesta quarta-feira (04) e esclareceu o que ocasionou a saída dos municípios do Mapa do Turismo brasileiro em 2019.

De acordo com a secretária, os municípios  excluídos não atenderam a novas exigências feitas pelo Ministério do Turismo, como a criação de um Plano Municipal de Turismo e o cadastro de empresas do município no Cadastur.


A informação foi apresentada pelo deputado estadual Henrique Pires (MDB), em entrevista ao o Dia na tarde de ontem (03). 


Os municípios  ainda não apresentavam uma estrutura que atendesse aos requisitos do ministério, mas a secretária afirmou que o órgão já elaborou um plano de trabalho que será desenvolvido até o final de 2020 junto às prefeituras para reforçar os municípios que já entraram no mapa e orientar os que estão de fora da importância de atender aos requisitos do Ministério do Turismo.

“Vamos explicar para eles como que eles tem que fazer pra que eles retornem, que no caso seria, ter um Plano Municipal de Turismo, que tem que ser feito um plano, e em dois dá tempo suficiente deles fazerem esse plano, e que algum estabelecimento relacionado a turismo entre no Cadastur”, destaca a secretária.

O Cadastur também deverá visitar as cidades para incentivar as empresas a se cadastrarem. As visitas começam no final de setembro e contarão com reuniões com os municípios  para a partir daí atuarem juntos no apoio para atender as exigências do ministério.

[Ao contrário do que foi noticiado nesta terça-feira (03) no portal O Dia, os municípios de Ilha Grande e Cajueiro da Praia não foram retirados do mapa e em vez de 40 municípios excluídos foram 47 no total].

“Depois disso os municípios eles tem acesso direto de nossa equipe, que ela está sempre em contato com eles, tudo que eles precisam a gente dá todo o apoio”, afirma a secretária.

Carina destaca que, além da Setur, os municípios dispõem de outros parceiros poderão atuar na formulação dos Planos Municipais de Turismo, como o Sebrae, que chegou a enviar consultores para os municípios do litoral do estado.

“Estamos abertos pra tudo, praquele prefeito que se arrependeu, mas quer, nós estamos de portas abertas dando todo apoio necessário para eles retornarem em 2021 ao Mapa”, afirma Carina.

Além de explicar as exigências do Mapa, a secretária também falou da visita do Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, à Serra da Capivara  no último dia 29 de agosto. O ministro gostou do que viu na Serra e anunciou o envio de técnicos do ministério para levantar as necessidades da região.

De acordo com a secretária, a Serra da Capivara será o primeiro ponto turístico de uma série de investimentos do Governo Federal em regiões do tipo.

“A expectativa é excelente porque o ministro gostou muito do museu, foi uma coisa impressionante, todo mundo que vai lá, inclusive ele, se impressiona muito de estar no sertão e ter um museu daquela categoria”, explica a secretária.

O objetivo do ministério é traçar um plano de ações de infraestrutura, semelhante ao que foi feito em Angra dos Reis (RJ), a fim de desenvolver o turismo local, que conta com importantes sítios arqueológicos.

Por: Rodrigo Antunes

Deixe seu comentário