"˜Tentam convencer que a redução de direitos é solução"™, diz procurador do Trabalho

De acordo com o novo procurador, o MPT – PI seguirá trabalhando atentamente contra às situações de desrespeito aos direitos trabalhistas e que o foco da gestão será a conscientização em torno do tema.

08/10/2021 16:48h - Atualizado em 08/10/2021 17:16h

Compartilhar no

“Vamos focar na conscientização dos direitos dos trabalhadores”, ressaltou o novo procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho do Piauí, Edno Moura, que tomou posse no início dessa semana no exercício do cargo para o próximo biênio. O procurador alerta para os desafios da gestão diante a crise econômica e sanitária.

“Estamos vivenciando um cenário econômico muito ruim e que favorece algumas argumentações, no sentido de convencer tanto a sociedade quanto aos trabalhadores que a redução desses direitos seria uma solução. Isso é muito desafiador no ponto de vista das restrições dos direitos dos trabalhadores”, comentou o procurador. 


Foto: Ascom/ MPT-PI 

De acordo com o novo procurador, o MPT – PI seguirá trabalhando atentamente contra às situações de desrespeito aos direitos trabalhistas e que o foco da gestão será a conscientização em torno do tema. “É importante que tenhamos um trabalho, mas um emprego com dignidade e sem precarização. Vamos continuar trabalhando em combate ao trabalho escravo, infantil, fraudes trabalhistas e em relação ao assédio moral”, disse. 

Diante o contexto pandêmico, o procurador explica que os trabalhos do Ministério do Trabalho não serão prejudicados, mas sim intensificados com o intuito de coibir, ao máximo possível, as violações dos direitos trabalhistas no Estado.  “Queremos ser a instituição que defende os direitos sociais e dos trabalhadores, além de mostrar que é possível uma relação equilibrada entre o empregado e empregador”, pontuou. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário