Novo comandante dos Bombeiros assume em meio a déficit de militares

Piauí tem efetivo de 345 militares em cinco cidades

02/07/2021 15:40h - Atualizado em 02/07/2021 15:58h

Compartilhar no

O novo comandante do Corpo de Bombeiros do Piauí, coronel Ronaldo Macedo, assume o cargo diante o déficit de mais de mil militares na corporação. Atualmente o estado conta com efetivo de 345 militares nas cidades de Teresina, Parnaíba, Picos, Floriano e Piripiri. 

O comandante, que tem 28 anos de corporação,  esclarece que está tomando conhecimento das demandas e que o baixo efetivo de pessoal é o maior desafio no momento. “É altamente necessária a reposição do quadro de militares no Corpo de Bombeiros. Não iniciamos a tratativa, mas esperamos que em breve a gente possa falar do assunto com o governador”, afirma o coronel.


Fotos: Assis Fernandes 

Segundo a lei estadual de 2009, a previsão é que os Bombeiros do Piauí tenham pelo menos 1.442 militares. De acordo com o comandante, o quadro fica ainda mais reduzido devido ao pedido de licença por tempo de serviço por muitos militares.

Para o coronel é fundamental que haja integração entre as forças policiais e que os bombeiros não podem trabalhar de forma isolada. “Recentemente foi inaugurado na PM um Centro Integrado de Comando e Controle. O Corpo de Bombeiros tem seu espaço nesse sistema de segurança. Essa é uma forma de reunir forças para atuar em conjunto”, ressaltou. 

Compartilhar no
Por: Rita Damasceno

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário