Mulher de 35 anos morre em parada de ônibus na Frei Serafim

O SAMU acredita que a morte foi causada por choque seguido de infarto

30/11/2020 13:10h - Atualizado em 01/12/2020 08:11h

Compartilhar no

Uma mulher identificada como Maria Lucélia Amarante da Silva de 35 anos, morreu na manhã desta segunda-feira, 30, em uma parada de ônibus da Avenida Frei Serafim próximo ao Hospital Getúlio Vargas (HGV). De acordo com populares, ao encostar em um trailer de chaveiro a mulher levou um choque e veio a óbito no local.

"Quando eu cheguei na parada, perguntei a um senhor o que estava acontecendo, pois havia uma mulher sentada babando encostada no trailer, e o senhor me disse que a moça estava tendo crise convulsiva. E ao chegar mais perto vi que a mulher estava com olho fechado, sem se mexer e respirar. Pedi para um senhor encostar nela, e na hora que pegou na mulher ela deu uma respiração profunda, levantando os braços e se jogou para trás, e pronto, foi quando chamaram a ambulância e detectaram que a mulher tinha vindo a óbito, e ninguém sabe o que foi realmente", afirmou a Leidimar Maria, dona de casa.

Foto: Jailson Soares / O DIA

De acordo com o socorrista do SAMU, José Holanda, aparentemente a mulher faleceu após um choque, mas que também poderia ter sido por infarto. "Já veio três pessoas que levara choque neste trailer, mas ainda não sabemos se foi choque, somente após o resultado do IML, mas pedi para que as pessoas se mantenham afastadas", explica.

O socorrista diz ainda que quando o SAMU chegou ao local, já não havia mais o que fazer, pois a mulher estava sem pulso. "Se foi choque associou com o infarto, pois foi muito rápido. E só daria para ter socorrido a moça se tivesse alguém experiente no local", lamenta José Holanda.

O IML e a Polícia Militar foram acionadas para isolar o local, mas após uma hora do incidente os agentes ainda não chegaram no local.

Esclarecimento

Por meio de nota, a Equatorial Piauí informou que enviaria uma equipe técnica para avaliar a rede de atendimento ao cliente e não foram constatadas irregularidades.

Confira a nota na íntegra:

A Equatorial Piauí esclarece que, ao tomar conhecimento do episódio que resultou em óbito no final da manhã desta segunda-feira (30), na Avenida Frei Serafim, centro da capital, enviou uma equipe técnica em caráter de urgência para avaliar a rede de atendimento do cliente e não foram encontradas inconformidades na rede de distribuição que possam ter relação com o acidente.  As equipes não avaliaram as instalações internas do trailer envolvido pois o espaço encontrava-se fechado no momento.

A Equatorial informa que segue acompanhando o caso, e aguarda o resultado da perícia que está sendo realizada pelos órgãos competentes que investigam as causas do óbito.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Sandy Swamy com informações de Isabela Lopes e Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário