Motorista por aplicativo é preso em Teresina acusado de aplicar golpes em passageiros

Investigações do 1DP da capital apontam que o homem praticou estelionato em diversas vítimas

16/06/2021 14:03h - Atualizado em 16/06/2021 14:20h

Compartilhar no

Um homem, identificado como Leandro Damasceno Santana, foi preso na manhã desta quarta-feira (16) por homens do 1° Distrito Policial (1DP) de Teresina. O acusado, com outras passagens pelo sistema prisional, se passava por motorista de aplicativo para aplicar golpes em diversos passageiros e deve responder pelo crime de estelionato.


O delegado Sérgio Alencar explica que as investigações sobre o caso foram iniciadas ainda no mês de março deste ano, quando o 1DP começou a receber uma grande quantidade de denúncias relacionadas ao suposto motorista de aplicativo que realizava golpes usando os cartões bancários dos seus passageiros.

“Ele fazia a corrida e ao final, chegando no destino, ele solicitava o cartão bancário da vítima. Quando passava o cartão, ao invés de colocar o valor real ele colocava um bem maior. Foram várias vítimas e, a partir do registro das ocorrências, iniciamos a investigação, juntamos as provas e representamos pela prisão, que foi concedida pela Justiça”, explica o delegado.

O homem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exames de corpo e delito, e encaminhado para a Central de Flagrantes da capital, onde deve aguardar audiência de custódia para então seguir para uma penitenciária. Alencar explica que a prisão ainda pode ser enquadrada como flagrante.

Isso porque ao ser abordado pela polícia, Leandro Damasceno usava um crachá de funcional de uma empresa de telefonia. “Estamos verificando se ele é realmente funcionário ou não dessa empresa. Caso se comprove que ele está usando um documento falso, isso acarretará sua prisão em flagrante”, reforça o delegado.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário