Miguel e Maria Eduarda são os nomes de bebês mais registrados na década

Em 2020, nomes simples voltam à moda e Miguel e Helena foram as escolhas mais populares.

29/12/2020 10:29h

Compartilhar no

Dados divulgados nesta terça-feira (29) pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil) apontam que os nomes de bebês mais registrados da última década foram Miguel e Maria Eduarda. Os dados foram compilados de 2010 a 2020 nas 7.660 unidades de Registro Civil do País.


Leia também: Isolamento social pode prejudicar desenvolvimento da fala de crianças 

De acordo com o levantamento, Miguel, com 321.644 registros, e Arthur, com 287.886, foram os nomes mais escolhidos pelos brasileiros para registro de nascimento de seus filhos na última década (2010 - 2020). Já Maria Eduarda foi o nome feminino mais escolhido pelos pais nos últimos 10 anos.

O ranking geral dos últimos 10 anos mostra a preferência por nomes simples, uma vez que os compostos aparecem apenas em duas ocasiões, no quinto lugar, com Maria Eduarda, 214.250, e no oitavo, com Pedro Henrique, 154.232. Veja abaixo o ranking nacional da última década.

Em 2020, nomes simples voltam à moda e Miguel e Helena foram as escolhas mais populares. Neste ano, os nomes simples são maioria no ranking dos 10 mais, liderados por Miguel e Arthur, também os mais escolhidos da década, com 27.371 e 26.459 registros, respectivamente. Em 2018, os nomes compostos ocupavam cinco colocações do ranking nacional, tendência que se manteve em 2019, quando apareciam nas sete primeiras posições da lista de mais escolhidos.

O ranking dos 10 mais entre os nomes masculinos representa esta mudança de gosto dos pais brasileiros, com a presença de nomes como Theo (18.674), Davi (18.623) e Gael (16.667), que não integraram a lista nos anos anteriores, ocupando o lugar de nomes que se consolidaram ao longo da década, como Enzo Gabriel, agora fora dos 10 mais escolhidos, e João Miguel, apenas o 10º colocado em 2020. 

Já entre os nomes femininos, a liderança neste ano é de Helena, com 22.166 registros, sendo o primeiro nome simples a ocupar essa posição desde 2017, ultrapassando Maria Eduarda, que liderava em 2018 e 2019, e agora aparece na nona posição no ranking, com 9.856.


Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário