Mais de 60 gatos sofrem com abandono na Praça do Mafuá

Segundo Otilina Duai Lib, moradora do bairro, um usuário de crack da região costuma torturar os animais.

20/11/2013 14:52h - Atualizado em 20/11/2013 15:07h

Compartilhar no

Quem tem amor aos animas se sensibiliza quando passa pela Praça Principal do bairro Mafuá, na zona Norte de Teresina. Isso porque lá há mais de 60 gatos que estão sofrendo com o abandono. Alguns bichanos chegam até a serem vítimas de maus-tratos por parte de populares.

Segundo Otilina Duai Lib, moradora do bairro, um usuário de crack da região costuma torturar os animais. “Ele queima os gatos e joga eles na linha do trem ou no cemitério São José. A situação aqui é bem triste”, denuncia.

Otilina cuida dos gatos como pode. Na companhia de pessoas que se entristecem ao ver os felinos desamparados, ela alimenta os bichanos e denuncia que não concordam com a atitude do Centro Zoonoses, que segundo ela, estaria com objetivo de sacrificar os felinos.

 "Nós já procuramos a Prefeitura, temos apoio de alguns médicos veterinários que pegam animais para castrar e assim impedir um maior crescimento população dos gatos nas ruas. Mas isso não é suficiente. Queremos mais apoio, só a boa vontade de algumas pessoas não é suficiente ", conta.

A vereadora Teresa Britto (PV) foi até o bairro averiguar a situação e afirmou que irá solicitar junto à Prefeitura de Teresina a aplicação de uma norma que visa a criação da Feira de Adoção dos Animais, abrigos e formalize convênios para castração e vacinação gratuita desses bichos.

Os protetores independentes já levaram parte dos gatos para suas residências, mas não tem mais espaço para abrigá-los. Eles procuraram ajuda da APIPA, mas constataram que a entidade já possui uma grande quantidade de animais sob sua custódia, não tendo mais capacidade de receber outros.

Fotos:Ascom

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário