• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Madeira apreendida em operação aguarda destinação no Zoobotânico

Segundo informações, o material está abandonado no parque há cerca de 20 dias, exposto ás intempéries do tempo.

04/09/2019 10:18h - Atualizado em 04/09/2019 11:33h

Quem passa pelo parque Zoobotânico, em Teresina, encontra uma situação de abandono, sobretudo se a caminhada avança mais em direção à área de recreação e esportes e à sede do Batalhão da Polícia Ambiental. E é em frente à sede do Batalhão que o visitante se depara com dois amontoados de madeira expostos às intempéries do tempo. Trata-se de material apreendido pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), mas que ainda não recebeu uma destinação correta.

Funcionários informaram que a madeira foi deixada no local há quase um mês e que, mesmo não causando transtornos aos visitantes, pode acabar apodrecendo e ficar totalmente inutilizada. “Dá mais impressão de abandono quando fica jogado assim, sem contar que depois se precisar, pode não servir mais”, explica um dos funcionários, que não quis se identificar.


Foto: O Dia

A madeira, segundo a Semar, foi apreendida em uma operação da própria Secretaria em conjunto com órgãos de fiscalização ambiental e a polícia no interior do Estado. O material não possuía licença ambiental, portanto foi retido. Por meio de sua assessoria, a Semar informou ainda que a madeira já tem uma destinação, mas não especificou qual, e que ela deverá ser retirada do local quando iniciar o processo de revitalização do parque.

Sobre o processo de revitalização, a Semar disse ainda estar em fase de estudos, mas reiterou que os recursos já estão garantidos e que uma empresa iniciará em breve um estudo técnico no Zoobotânico para mapear o que precisa ser feito e entregar o parque novamente em plenas condições de uso e visitação.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário