Júlia Rebeca: família pede que fotos não sejam divulgadas

Após vazamento de vídeo íntimo, jovem se suicidou e caso ganhou enorme repercussão.

17/11/2013 09:55h - Atualizado em 17/11/2013 10:19h

Compartilhar no

Após o vazamento de um vídeo em que a adolescente Júlia Rebeca, 17 anos, aparece em momentos íntimos com outros dois jovens, sendo um garoto e uma garota, Júlia acabou provocando a própria morte temendo a repercussão das imagens. Com a ampla divulgação do caso, o advogado da família da jovem, Paulo Roberto da Silva Oliveira, enviou comunicado à imprensa e pediu respeito à dor dos amigos e familiares. 


Leia mais sobre o caso:

Amiga que também aparece em vídeo tenta suicídio 

Polícia investiga vazamento de vídeo que levou adolescente ao suicídio 


Na nota divulgada ontem (16), o advogado diz que a família, que morava em Parnaíba, litoral piauiense, mas acabou deixando a casa por conta do intenso assédio da imprensa, se encontra muito abalada e comovida e que pretende descobrir se a jovem sofreu algum tipo de ameaça ou constrangimento para que tenha se suicidado. Além disso, solicitou à imprensa que não divulgue fotografias de Júlia, por conta do impacto que essa conduta estaria causando aos familiares.

Leia abaixo a nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

A família da jovem Júlia Rebeca diante da repercussão que sua morte causou, vem esclarecer que se encontra muito abalada e comovida com a perda da mesma e informa para que não haja confusão em relação aos fatos que vem sendo amplamente divulgado nos meios de comunicação, que foi instaurado inquérito policial para apurar que tipo de situação levou a jovem a cometer o suicídio, se sofreu algum tipo de ameaça, se foi constrangida e constatar se realmente ocorreu o que vem sendo tratado como bulliyng virtual. Não tendo nada mais a declarar sobre o caso, solicita de toda a imprensa o respeito pela dor que a família vem enfrentando e pede encarecidamente que não sejam divulgadas fotos de Júlia Rebeca, pois a mesma só possuía 17 (dezessete) anos de idade e isso vem gerando um drama cada vez maior no seio familiar.

Parnaíba – PI, 16 de Novembro de 2013.

PAULO ROBERTO DA SILVA OLIVEIRA

Advogado da Família

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário