Jardim Botânico de Teresina é reinaugurado com novos espaços

Jardim foi criado em agosto de 2011 e está instalado no antigo Parque Ambiental do Mocambinho

22/12/2012 09:24h

Compartilhar no

"Você está em contato com a natureza" é o que diz uma placa por entre as árvores do Jardim Botânico de Teresina, localizado no bairro Mocambinho, na zona Norte. "Essa é a razão do Jardim viver, ele faz com que as pessoas tenham mais contato com a natureza, principalmente, por parte das crianças", comenta o morador do bairro, José Lopes de Melo. O Jardim foi criado em agosto de 2011 e está instalado no antigo Parque Ambiental do Mocambinho. Na manhã de ontem, dia 21, o local foi novamente entregue a população depois de uma grande reforma e revitalização.

Com uma área de 36 hectares, o Jardim foi transformado em uma área de lazer e de estudo para a comunidade. "Mais uma obra foi entregue aos Teresinenses. Esse ambiente é uma oportunidade a mais para os estudos dos nossos estudantes das ciências - tanto do Ensino Superior como para os do Ensino Médio. Além de ser mais um ponto turístico para a cidade", destacou o prefeito de Teresina, Elmano Férrer.

Para o secretário municipal do Meio Ambiente, Deocleciano Guedes, não só os moradores do Mocambinho deve frequentar essa área verde, mas todos os Teresinenses assim como os visitantes do estado piauiense. "Essa área é um testemunho de como era a floresta de Teresina, o único lugar que ainda não foi feito nenhuma roça ou construção. Por isso, devemos valorizá-lo mais ainda", argumentou o secretário.

Fotos: Jailson Soares

Ao todo, as reformas ocorreram no prédio da administração, portal de entrada e em todo o parque (iluminação, reforma da rampa existente, colocação de piso tátil na entrada, adaptação dos banheiros para pessoas com deficiência) e em outras edificações existentes: cobertura, piso, pintura e esquadrias. Além dessas estruturas, foram instaladas lanchonete, criação de um parque infantil e áreas de descanso.

Também houve aberturas de trilhas - com a colocação de bancos e lixeiras no percurso das mesmas, sendo construído um espaço aberto para realização de eventos que não prejudica a natureza.

Todas essas colocações, segundo a diretora do Jardim Botânico Jaqueline Lustosa, faz com que ele se torne mais frequentado e estimado. "O Jardim deve servir como um grande ponto turístico e científico. Nós temos muitas plantas e animais para pesquisa. Com relação ao lado turístico, nós precisamos de mais atrativos, pois assim ele tem condições de não ficar atrás de qualquer outro Jardim", declara Jaqueline.

Para ela, o Museu - localizado no interior do Jardim - já possui um diferencial dos demais jardins turísticos do país, que são os animais empalhados. "Existem outros museus que não possuem esses animais, e nós temos o prazer de tê-los", comentou. A estudante Vitória Soares, de 11 anos, é uma das crianças que teve o olhar atraído por eles. "Eu acho bonito, engraço, mas estranho. Não sei se teria um em casa, mas foi legal vê-los assim. Eu quero voltar mais vezes ao Jardim, essa é a segunda vez que venho", diz.

Compartilhar no
Por: Carlienne Carpaso

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário