INSS: número de segurados por depressão aumentou 309% em dez anos no Piauí

Para pagar todos estes benefícios, o INSS gastou, só no Piauí, mais de R$ 2,3 milhões na última década

21/07/2014 17:16h

Compartilhar no

Um levantamento divulgado nesta segunda-feira pela Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aponta que, em dez anos, cresceu 309% o número de benefícios concedidos a segurados que se licenciaram do trabalho no Piauí por conta de episódios depressivos.

De 2003 até junho deste ano, o INSS concedeu mais de 2,9 mil benefícios a segurados vítimas de depressão no Estado. Desse total, 2.507 foram de auxílios-doença; 167 aposentadorias por invalidez; 117 amparos sociais; e 131 auxílios-doença por acidente de trabalho. Segundo o levantamento, ocorreram, ainda, nove aposentadorias por invalidez resultante de acidente de trabalho relacionados a episódios depressivos.

Ainda de acordo com o INSS, em 2003, 97 segurados receberam benefícios relacionados à depressão. E esse número não para de crescer. Somente este ano, já foram concedidos 153 benefícios a segurados com episódios depressivos.

Para pagar todos estes benefícios, o INSS gastou, só no Piauí, mais de R$ 2,3 milhões nos últimos dez anos, o que equivale a uma média de R$ 230 mil por ano.

Para o gerente executivo do INSS em Teresina, Carlos Viana, as empresas e os órgãos públicos precisam ficar de olho nos sintomas da depressão em seus empregados e procurar manter um ambiente de trabalho saudável, com o propósito de reduzir a ocorrência desses casos. “O ambiente de trabalho pode contribuir para o desencadeamento de um quadro depressivo. A competitividade, jornadas de trabalho extensas e a busca por melhor desempenho podem provocar a depressão, pois o indivíduo fica exposto a cenários estressantes e acaba perdendo a qualidade de vida”, diz Carlos Viana.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que a depressão é hoje uma das principais causas de afastamento de trabalhadores de suas funções. No Brasil, a patologia é uma das principais causas do vertiginoso aumento nos gastos da Previdência Social.

Confira abaixo os gráficos com os detalhes dos benefícios concedidos pelo INSS:

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário