• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Incêndio no aterro sanitário de Ilha Grande já dura mais de 24 horas

Os bombeiros estão trabalhando no local para tentar conter as chamas que podem se alastrar para além do aterro. Só ontem foram nove ocorrências de fogo na mata no litoral.

17/10/2019 10:47h - Atualizado em 17/10/2019 19:24h

O incêndio que toma conta do aterro sanitário de Ilha Grande do Piauí, a 346 Km de Teresina, já dura mais de 24 horas. O fogo no local foi detectado por volta das 9 horas da manhã de ontem (16) e até o momento os bombeiros ainda não conseguiram controlar as chamas. Acredita-se que o incêndio tenha começado porque os próprios catadores de lixo teriam inadvertidamente colocado fogo em alguns materiais para fazer limpeza.



Leia também: Piauí tem apenas 4 quartéis dos bombeiros para 224 municípios 


Em conversa com a reportagem do Portal O Dia, o major Rivelino Moura, comandante do Corpo de Bombeiros do Litoral, deu mais detalhes de como está a situação. “Nesse aterro de Ilha Grande tem um fogo generalizado que está tomando toda a área do lixão e infelizmente ainda não temos controle. No momento o fogo está no chão, com as chamas um pouco mais baixas, mas ainda sim há dificuldades e apaga-las por completo”, relata.


Essa situação do aterro sanitário de Ilha Grande é só uma dentre as nove ocorrências que foram registradas durante o dia de ontem na região do litoral e meio norte piauiense. Foram grandes focos de incêndio que o Corpo de Bombeiros começou a combater por volta das 9 horas da manhã, mas só conseguiram controlar por completo no final da tarde.


Os fortes ventos do litoral colaboram para que as chamas se alastrem mais rapidamente e dificultam o trabalho dos bombeiros. “Qualquer pequeno incêndio rapidamente cresce acelerado pelo vento e se espalha facilmente por todo o mato que se encontra seco pelas altas temperaturas e umidade baixa, principalmente no período da tarde”, explica o major Rivelino.


A fumaça que é liberada nestes incêndios também é motivo de preocupação. Isto porque ela invade casas e afeta principalmente idosos e pessoas com problemas respiratórios. Ouça abaixo no áudio do major Rivelino Moura.


De modo a conter os incêndios na região do meio norte e litoral do Piauí, o Corpo de Bombeiros destacou duas equipes de Piripiri e de Parnaíba para trabalhar diuturnamente no combate ao fogo.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário