Hospital de São Raimundo Nonato faz cirurgia de retirada da vesícula biliar por vídeo

A novidade proporcionará o aumento da cobertura de cirurgias para a população usuária de 20 municípios da região da Serra da Capivara.

28/05/2021 10:53h - Atualizado em 28/05/2021 11:14h

Compartilhar no

Hospital de São Raimundo Nonato realiza primeira cirurgia por vídeoaparoscópica. O procedimento de colecistomia, retirada da vesícula biliar, foi realizado na quinta-feira (27) e o paciente recebeu alta nesta sexta-feira (28). A novidade proporcionará o aumento da cobertura de cirurgias para a população usuária de 20 municípios da região da Serra da Capivara, além de Canto do Buriti, Brejo e Tamboril, a unidade também recebe demanda de  três municípios da Bahia, totalizando 26 municípios com média de 200 mil habitantes.

A diretora da unidade de saúde, Nilvânia Nascimento, explica que o equipamento permite que sejam feitas apenas quatro pequenas incisões, de apenas um centímetro de diâmetro, por onde passam a microcâmera e as pinças, assim, os riscos de complicações para o paciente são muito menores. “É um avanço muito importante para a saúde da região, onde os maiores beneficiados serão os nossos pacientes. Todos os nossos profissionais estão vibrando de alegria”, destacou ela.

A unidade de saúde realiza uma média de 14 mil atendimentos mensais e Internações Hospital/UPA 460 mês, além de realizar 60 cirurgias gerais, 45 procedimentos cirúrgicos ortopédicos, 45 partos normais e 85 cesarianas, mensal, número reduzido por conta da pandemia.


(Foto: Divulgação)

Torre de laparoscopia no Piauí

A videolaparoscopia é uma técnica que pode ser utilizada tanto para diagnóstico quanto para tratamento, sendo esta última modalidade denominada videolaparoscopia cirúrgica. Por se tratar de um procedimento menos invasivo, sem cortes, o tempo de ocupação do leito diminui e a recuperação é mais rápida. O secretário de saúde explica que as cirurgias fazem parte do início do processo de implantação do serviço.

 “Vamos estabelecer uma agenda de procedimentos por vídeo, e de qualificação das equipes, para que a população dos municípios que fazem parte da região da Serra da Capivara tenha acesso a este serviço”, pontuou Florentino Neto. Segundo ele, a torre de laparoscopia também está disponível em outros hospitais do interior.

Ao todo, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, já distribuiu 17 torres de videolaparoscopia  para hospitais que compõem a rede estadual de saúde. Entre as unidades contempladas estão o Hospital Getúlio Vargas; Hospital da Policia Militar; Hospital Infantil Lucídio Portella; Hospital de Luzilândia; Hospital de Esperantina, Hospital de Parnaíba; Hospital de Barras, Hospital de Campo Maior, Hospital de  Piripiri, Hospital de Floriano; Hospital de Oeiras Hospital de Picos, Hospital de Bom Jesus e agora o Hospital de São Raimundo Nonato. 


(Foto: Divulgação)

“Essa é uma cirurgia minimamente invasiva e agora também iremos garantir o equipamento para nossas unidades de Valença e Corrente”, anuncia Florentino. Esse trabalho, segundo ele, garante a universalização da cirurgia por videolaparoscopia no nosso estado, melhorando assim a qualidade dos serviços prestados a toda a população piauiense.

O Hospital Regional Senador Cândido Ferraz passou por uma adequação recente no setor de urgência e emergência, com a finalidade de melhorar o atendimento e trazer acessibilidade para quem precisa dos serviços. “A exemplo de outros hospitais, a unidade de saúde de São Raimundo Nonato tem recebido investimentos em equipamentos por parte da Secretaria de Estado da Saúde, destaca o secretário de saúde, Florentino Neto.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário