• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Homem é preso suspeito de vender terrenos sem autorização em Paulistana

O suspeito comprava as terras com as vítimas, não repassava o dinheiro, e mesmo não sendo o dono da propriedade, fazia a revenda dos terrenos para outras pessoas.

23/11/2019 12:59h - Atualizado em 23/11/2019 13:58h

Um homem identificado como Adilson Ferreira da Silva, de 41 anos, foi preso na sexta-feira (22) suspeito de vender terrenos de forma fraudulenta em Paulistana do Piauí, a 470 km de Teresina. Segundo a Força Tática de Paulistana, o suspeito comprava as terras com as vítimas, não repassava o dinheiro, e mesmo não sendo o dono da propriedade, fazia a revenda dos terrenos para outras pessoas. Com o golpe, Adilson conseguia faturar cerca de R$ 4.250.

Segundo a polícia, as vítimas eram atraídas pelos baixos preços e acertavam com o suspeito contratos particulares de compra e venda que eram devidamente assinados. Adilson então demorava a efetuar o pagamento e em um período curto de tempo repassava os terrenos a terceiros.

Identidade do suspeito apreendida pela polícia. Foto: Reprodução Força Tática de Paulistana

A ação da polícia para prendê-lo iniciou na última quinta-feira (21). Uma viatura da Polícia Militar foi enviada até o hotel em que Adilson estava hospedado, em Paulistana, mas não o encontraram. No local, a polícia conseguiu apreender documentos pessoais do suspeito e vários contratos fraudulentos de compra e venda que auxiliaram na investigação.

Polícia monta operação para prender suspeito de aplicar golpes. Foto: Força Tática

Na sexta-feira (22), o Serviço de Inteligência da Polícia Militar informou que Adilson teria fugido de Paulistana com destino a cidade de Afrânio, em Pernambuco. A guarnição foi deslocada e conseguiu efetuar a prisão em flagrante.

Ainda de acordo com a polícia, contra Adilson haviam dois mandados de prisão em aberto, um expedido pela comarca de Coelho Neto, no Maranhão, e outro na comarca de Moreno, em Pernambuco.

Suspeito preso durante ação. Foto: Força Tática de Paulistana

Em depoimento à polícia, Adilson confessou ter praticado o mesmo golpe nas cidades de Delmiro Gouveia (AL), Araripina (PE), Amaraji (PE) e Coelho Neto (MA).

Adilson Ferreira da Silva foi encaminhado para o 12º DRPC do município para os procedimentos cabíveis. O suspeito será levado ao sistema prisional.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário