HGV registra redução de 86% nas internações por Covid-19 em quatro meses

Os dados são do 21º Informe Epidemiológico Covid-19 do HGV.

04/08/2021 13:06h

Compartilhar no

Desde o mês de abril de 2020, quando o Hospital Getúlio Vargas (HGV) passou a atender pacientes com Covid-19, até o dia 31 de julho deste ano, o hospital já atendeu 1.537 pessoas com a doença. Este ano, o mês de julho apresentou o menor número de internações na área Covid, o que representa uma redução de 86,81% em relação ao mês de março, quando houve o maior número de admissões. Os dados são do 21º Informe Epidemiológico Covid-19 do HGV.

(Foto: Divulgação/CCcom)

Para o diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, isso representa um alívio para todos e possibilita a retomada dos serviços que estavam paralisados. “Com a redução do número de internações por Covid-19, estamos voltando com os serviços ambulatoriais e ampliando o volume cirúrgico com a realização de mutirões”, explica o gestor.

Um dado importante que o informe aponta é que a média de idade dos casos Covid-19 internados no hospital durante esse período, foi mudando de acordo com o que avançou a vacinação. “Logo que iniciou a pandemia, a média de idade dos pacientes internados era acima de 60 anos e em julho deste ano, a média passou para abaixo de 60 anos”, explica a coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente, Nirvania Carvalho.

O percentual de casos Covid-19 por sexo continua sendo maior no sexo masculino com 58% das admissões e 42% no sexo feminino.

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário