• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Gestores reúnem para rever protocolo de atendimento e combate ao Coronavírus

O Piauí atualmente possui 15 casos suspeitos da doença, sendo que nove acabaram descartados e seis estão sob investigação.

13/03/2020 11:10h - Atualizado em 13/03/2020 12:06h

O Governo do Estado se reuniu na manhã desta sexta-feira (13) com diretores de hospitais, diretores clínicos e os demais gestores da Saúde piauiense para tratar sobre o protocolo de atendimento, prevenção e combate ao Novo Coronavírus. Desde que o primeiro paciente brasileiro foi diagnosticado com a doença, o Piauí já contabiliza 15 casos suspeitos, sendo que nove foram descartados e seis ainda estão sob investigação.


Gestores reúnem para rever protocolo de atendimento e combate ao Coronavírus - Foto: Assis Fernandes/O Dia

O encontro de hoje tem o objetivo justamente de definir e afinar as estratégias entre os setores federal, estadual, municipal e o setor privado para impedir o avanço da doença aqui no Estado e garantir que aqueles pacientes que por ventura venham a ser diagnosticados com o Coronavírus tenham um atendimento a contento e eficiente. O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, explica.

“Vamos tratar do fluxo de atendimento, revisão de todo o protocolo, ver como nos portamos até agora para fazer uma revisão. Estamos revisando esses procedimentos, porque revisar procedimentos significa que você está tentando melhorar a sua atuação. Estamos trabalhando por meio de tecnologia, com toda a atenção básica dos municípios e vamos ainda dialogar com os diretores das instalações de abrigo coletivas [presídio e penitenciárias, por exemplo]”, diz o secretário.


"Estamos revisando esses procedimentos, porque revisar procedimentos significa que você está tentando melhorar a sua atuação", disse o secretário Florentino Neto - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Vale lembrar que o Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), vinculada ao Ministério da Saúde, já determinou que todos os planos de saúde do Brasil realizem os testes e atendimentos relacionados ao Novo Coronavírus de graça. Isso, na interpretação dos gestores piauienses, é um passo importante porque contribui para que não haja inchamento do SUS e nem sobrecarga no sistema de saúde público, como vem acontecendo nos últimos dias na Itália.

“É uma pandemia. Não podemos dizer que o SUS sozinho vai atender. Ele tem toda sua obrigação, cumpre com ela de forma excelente, o Ministério está integrado com Estados e Municípios, mas a rede privada tem sua responsabilidade e ela deve ser cumprida”, finaliza o secretário Florentino Neto, acrescentando que vai se reunir na próxima semana com os diretores de hospitais particulares de Teresina para tratar do protocolo contra o Coronavírus.

Por: Maria Clara Estrêla, com informações de Breno Cavalcante

Deixe seu comentário