Férias fazem doação de sangue cair 30%, e Hemopi faz apelo à população

Para abastecer a contento toda a rede hospitalar, seria preciso uma média diária de 200 doações de sangue.

05/07/2017 12:16h

Compartilhar no

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) fez um alerta à população nesta quarta-feira (5). Segundo o órgão, houve uma queda de 30% nas doações de sangue nos últimos dias, o que teria sido provocado por conta do período de férias, quando muitas pessoas viajam para fora do estado.

O Hemopi é o único hemocentro do Piauí e fornece sangue e derivados para toda a rede hospitalar, pública e privada, do estado. 

O Hemopi funciona de segunda a sábado, das 7h30 às 18h, e para doar é preciso levar um documento original com foto (Foto: Moura Alves / O DIA)

A diretora de Captação do Hemopi, Beatriz Sousa, explica que em períodos de férias há essa redução nas doações, mas cresce o número de cirurgias eletivas. “As pessoas aproveitam as férias para realizar procedimentos cirúrgicos. É um período complicado porque recebemos menos doações. Nesse momento, por exemplo, estamos precisando reforçar nosso estoque”, afirma Beatriz.

Para abastecer a contento toda a rede hospitalar, seria preciso uma média diária de 200 doações de sangue. Com a redução, o Hemopi está operando no limite. “Além da baixa nas doações, as parcerias com empresas, escolas e instituições tendem a reduzir também nesse período”, explica a diretora. 

O Hemopi funciona de segunda a sábado, das 7h30 às 18h, e para doar é preciso levar um documento original com foto. Também é possível agendar a doação pelo site www.hemopi.pi.gov.br .

Para doar é preciso ter entre 16 (com autorização do responsável) e 69 anos, pesar acima de 50 quilos, estar saudável e alimentado, e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas anteriores à doação.

Compartilhar no
Fonte: Da Redação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário