Família faz campanha para conseguir sangue para criança com leucemia linfoide

As pessoas que se dispuserem a realizar a doação precisam ir até o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Piauí (Hemopi) e informar que desejam doar o sangue para Genésio Pereira de Sousa Neto.

20/09/2017 13:18h - Atualizado em 20/09/2017 15:01h

Compartilhar no

Os pais de um menino de apenas oito anos estão fazendo uma campanha na internet para incentivar a doação de sangue do tipo AB negativo para a criança, que foi diagnosticada com leucemia linfoide aguda (LLA).

O menino Genésio Neto está passando por um tratamento rigoroso no Hospital São Marcos, e precisa de sangue com urgência.

As pessoas que se dispuserem a realizar a doação precisam ir até o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado do Piauí (Hemopi) e informar que desejam doar o sangue para Genésio Pereira de Sousa Neto, que está internado na enfermaria 291 do hospital.

O Hemopi ressalta que mesmo quem não tiver o sangue compatível com o de Genesio pode doar, para ajudar outras pessoas que também estejam precisando.

A leucemia linfoide aguda é o tipo de câncer mais comum entre crianças. De acordo com a American Cancer Society, a LLA caracteriza-se pela produção maligna de linfócitos imaturos (linfoblastos) na medula óssea.

Na maioria dos casos, a leucemia linfoide aguda invade o sangue com razoável rapidez e pode se disseminar para outras partes do corpo, como os gânglios linfáticos, fígado, baço, sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal) e testículos (nos homens). 

Ao contrário de outros tipos de câncer, a disseminação da LLA para outras partes do corpo não significa que o câncer está em estágio avançado, já que a leucemia aguda, quando diagnosticada, é geralmente encontrada em todo o organismo. 

Compartilhar no
Por: Cícero Portela

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário