Eventos religiosos atraem milhares de jovens às ruas de Teresina

Marcha Para Jesus e a Procissão de Corpus Christi levaram milhares de pessoas em procissão pela capital, principalmente a juventude.

15/06/2017 18:22h - Atualizado em 15/06/2017 19:37h

Compartilhar no

Pela décima sexta vez, fiéis de todo Piauí tomaram as ruas de Teresina para a Marcha para Jesus. Milhares de pessoas se reuniram na rotatória da avenida João XXIII na tarde de hoje para participar da caminhada, que começou por volta das 17h desta quinta-feira, a maioria jovens usando a camisa com o lema: Justiça e Fé.

“Estamos muito animados, mais uma Marcha para Jesus”, comentou o pastor Wellington, que faz parte da organização da Marcha. “Estamos com o coração muito feliz, por quê estamos crendo num tema que é muito importante: fé em Deus e Justiça. Vamos interceder para que nosso senhor Deus venha abençoar nosso Brasil e dar a nós além do que merecemos”, disse.

Concentração da Marcha para Jesus foi no cruzamento das avenidas Kennedy e João XXIII (Fotos: Elias Fontenele/ O Dia)

O pastor comenta ainda que, apesar de ser organizada pelas igrejas evangélicas, há pessoas de todos os credos na Marcha para Jesus. “Até organizações não evangélicas estão conosco somando, por que a marcha é para Jesus, não é para uma placa de igreja”, disse.

Segundo Josafá Soares, membro da organização, a expectativa é de pelo menos 30 mil pessoas. Quatro trios elétricos irão animar os passos dos fieis, que vieram dos mais variados locais de Teresina e de outras cidades do Piauí. “A juventude marca presença em massa. Acredito que a esperança está nos jovens”, comenta Josafá.

Juventude

São os jovens que dão sua força e alegria para a Marcha Para Jesus. Adolescentes de diversas igrejas pela capital e pelo Piauí formam a maioria de fieis usando a camiseta branca com o tema do ano.

"A gente marca tudo pelos grupos no Whatsapp para vir buscar o senhor", disse Stefani, de 22 anos (Foto: Elias Fontenele/ O Dia)

Stefani, de 22 anos, comenta que vem para a Marcha desde seus 17. “É importante demais. Sempre venho participar, buscar o senhor. É um evento grande e que a cada ano se renova”, disse. Ela frequenta a Igreja Mundial, no bairro Promorar, e estava a espera dos amigos para começar a caminhada. “A gente marca tudo pelos grupos no Whatsapp para vir buscar o senhor”.

Os jovens se apoiam uns nos outros para acompanhar a Marcha. Conversamos com a jovem Jéssica, que veio à marcha desde as primeiras edições. “É uma forma de evangelizar e de conhecer gente de outras igrejas, de toda Teresina”, comenta. Jéssica estava acompanhada de mais cinco amigos, entre elas Sâmia, a mais nova, vindo à marcha pela primeira vez. “Estou animada, achando ótimo. Já conheci várias pessoas”, disse. O grupo todo faz parte da mesma igreja Assembleia de Deus no bairro Dirceu.

Sâmia (a esquerda), Jéssica (ao centro) e amigos aguardam o início da Marcha para Jesus (Foto: Elias Fontenele/ O Dia)

Justiça e Fé

Há mais de 10 anos, o missionário João Batista vem à marcha usando uma fantasia bíblica. Em 2017, por ocasião do tema da Marcha, ele veio representando o momento da provação de Abraão, quando Deus lhe ordena que mate o próprio filho, Isaac. Abraão, segundo João Batista, é considerado o pai da fé. “É uma mensagem bíblica que representa que Deus provê todas as coisas”, explica.

O missionário João Batista em sua fantasia de Abraão com o filho Isaac (Foto: Andrê Nascimento/ O Dia)

Para João, o tema é bastante atual, e dialoga com o que tem acontecido recentemente na política e na sociedade brasileira. “Justiça nós queremos da Justiça, e fé nós requeremos das pessoas, que não se desanimem, por que ainda existe esperança. Nosso Brasil é um celeiro de homens capazes, honestos, que podem fazer história”, disse.

Procissão de Corpus Christi

Além da Marcha, aconteceu também a Procissão de Corpus Christi, evento tradicional do calendário católico de Teresina. Como manda a tradição, os fiéis confeccionaram um tapete de cerca de 110 metros, que pavimenta o caminho para o Santíssimo Sacramento, carregado pelo arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito. O longo tapete é enfeitado com símbolos do cristianismo.

Os fiéis acompanharam a Santa Missa na Catedral de Nossa Senhora das Dores, na Praça Saraiva, e saíram em procissão por volta das 18h. A caminhada representa a busca do povo hebreu por Canaã, a Terra Prometida. Segundo a organização, são esperados cerca de 9 mil pessoas.


Compartilhar no
Edição: Nayara Felizardo
Por: Andrê Nascimento

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário