Estrada da Alegria pode ser liberada parcialmente quarta

A via está em obras devido ao afundamento de uma galeria ocorrido na última semana.

21/02/2017 07:45h

Compartilhar no

Interditada nos dois sentidos pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), a Estrada da Alegria deve ter seu tráfego liberado parcialmente até esta quarta-feira. O local está passando por obras depois que fortes chuvas provocaram o afundamento da galeria localizada na Avenida Celso Pinheiro, mais conhecida como Estrada da Alegria, na zona Sul de Teresina. O problema aconteceu na última quarta-feira (15) e as obras de recuperação iniciaram na sexta-feira (17).

De acordo com o gerente de Obras da Superintendência de Desenvolvimento Urbano da zona Sul (SDU/Sul), Isaac Meneses, a causa do afundamento foi a erosão do solo e dos tubos metálicos instalados há cerca de 15 anos, que serão substituídos por novos, de concreto.

Erosão do solo e tubulação antiga causaram o transtorno (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

Ele ainda explica que a pista não foi totalmente rompida, mas havia infiltrações e, por medida de segurança, foi totalmente interditada. O prazo de conclusão da obra é de 10 dias, mas uma das dificuldades encontradas para a conclusão do serviço são as chuvas constantes.

Segundo Isaac, o problema de erosão na região da Estrada da Alegria é recorrente e em outros dois trechos têm há problemas com erosão. “A SDU já identificou esses trechos e está sendo corrigido para que esses riscos de afundamento acabem”, conclui.

Em março de 2016, um ônibus caiu em uma cratera na Estrada da Alegria. Na época, um vazamento na tubulação da Agespisa causou a ruptura do asfalto e fez com que a estrada se rompesse.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Letícia Santos - Jornal O Dia

Deixe seu comentário