Ensino de tempo integral completa cinco anos e precisa de avanços

Apesar das limitações, Seduc planeja abrir mais dez escolas nessa modalidade até o fim de 2015

14/09/2014 07:41h

Compartilhar no

Desde 2008, o Piauí começou a oferecer escolas em tempo integral na rede estadual e municipal de ensino. A estratégia era trazer o Programa Mais Educação, do Governo Federal, para inserir, no ensino público brasileiro, essa nova modalidade. Todavia, após cinco anos de implantação, o principal desafio da Secretaria Estadual de Cultura e Educação (Seduc) continua sendo equipar a infraestrutura de todos os centros de ensino em tempo integral.

O superintende de Ensino da Seduc, professor Edjofre Coelho, reconhece que, entre as atuais 43 escolas de tempo integral instaladas em todo o Estado, muitas estão em prédios que precisam de melhorias estruturais. Nesse semestre, duas escolas que já funcionavam com o Programa Mais Educação foram adequadas para a modalidade de tempo integral: o Caic João Mendes Olímpio de Melo e o Centro de Ensino Médio Integrado Maria Conceição de Salomé, as duas escolas ficam no bairro Renascença II, zona Sudeste de Teresina e juntas atendem aproximadamente 600 alunos.

Fotos: Marcela Pachêco/O Dia


Colégio Liceu Piauiense passou por reparos no início do ano e agora recebe uma reforma geral para atender aos alunos

“De fato, a estrutura das escolas têm sido o maior desafio para a implantação do modelo de tempo integral. Todas as despesas desses centros de ensino, incluindo folha de pagamento, alimentação, material de expediente e merenda escolar são de responsabilidade do Governo do Estado. Dessa maneira, o avanço na implantação do modelo tem sido gradativo. A cada ano, abrimos em média dez centros de ensino de tempo integral”, explica Edjofre Coelho.


Biblioteca, banheiros com vestiários e refeitórios são algumas das necessidades das escolas integrais

Para equacionar as exigências em infraestrutura dos prédios dessas unidades de ensino, Edjofre Coelho explica que a Seduc tem buscado recursos federais através do Plano de Ação Articulado, responsável por atender as demandas de infraestrutura das escolas de todo o Brasil.

Atualmente, duas escolas de tempo integral em Teresina – o Liceu Piauiense e o Lourival Parente - passam por reforma para atender as especificidades do ensino de tempo integral. “O Liceu Piauiense passou por reparos no início do ano e, agora, recebe a reforma geral, com previsão de entrega para o final de 2014. Para concluir as obras de ampliação e adequação, é necessário desocupar 11 salas de aula. Os alunos deverão ser transferidos para Instituto de Educação Antonino Freire. Já o colégio Lourival Parente está com as obras mais avançadas e a ampliação deve ser entregue até o início de novembro”, explica.


Veja mais detalhes na edição deste domingo (14) do Jornal O Dia 


Compartilhar no
Por: Andressa Figuerêdo - Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário