• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Em meio a pandemia, venda de combustiveis tem queda de 80% em Teresina

O presidente do Sindipostos, afirma que financeiramente não é viável manter os potos abertos.

26/03/2020 10:50h - Atualizado em 26/03/2020 14:25h

Com o Decreto n°19.540, de 21 de março, o Prefeito de Teresina Firmino Filho, adotou medidas urgentes para combater a disseminação do Covid-19 na cidade. Entre elas estão a suspensão de todos estabelecimentos comerciais, de serviço  e industria. Os postos de combustíveis, por exemplo, continuaram funcionando com horário reduzido, mas lamentam prejuízos.

"Os postos de combustíveis  funcionam das 7h ás 19h por determinação legal, por que os donos de postos sabem que essa é uma das atividades que não pode parar, para não causar desabastecimento na população. Mas a quantidade de venda esta muito baixa, queda de 80% da venda de combustível, financeiramente não é viável estar aberto", afirma  Alexandre Valença, presidente do sindicato dos donos de potos de combustíveis (Sindipostos).


Em meio a pandemia, venda de combustíveis tem queda de 80% em Teresina. Arquivo O Dia

Na determinação, as lojas de conveniência não podem funcionar. Mas o presidente do Sindipostos acredita que assim como os mercados de bairro, as conveniências poderiam ser um apoio a população.

Por: Sandy Swamy

Deixe seu comentário