Em caso de alagamento, população deve adotar medidas de segurança

Corpo de Bombeiros indica condutas a serem tomadas diante da ocorrência de precipitações neste período

27/03/2019 06:58h

Compartilhar no

As chuvas que têm caído no Piauí nos últimos dias estão provocando alagamentos em ruas e avenidas, além de colocar em risco a vida das pessoas. Por isso, em casos de enchente, é importante que a população fique atenta e adote medidas de segurança.

O major do Corpo de Bombeiros do Piauí, José Veloso, orienta que as pessoas fiquem atentas ao tempo e vejam se há possibilidade de chuva para o dia. Se for verificado que ocorrerá chuva em breve, o recomendado é evitar sair de casa para não ser surpreendido. Contudo, se não for possível, deve-se buscar pontos mais altos e aguardar a chuva passar, evitando um possível alagamento.

“Os postos de gasolina têm o nível um pouco mais alto, então dá uma condição de segurança. Mas se a pessoa foi surpreendida no deslocamento e não tem como sair, ela precisa visualizar a situação e, a partir daí, tomar alguma ação. A primeira regra é não sair do veículo, somente em último caso”, explica.

Segundo o major Veloso, sair do veículo pode ser perigoso, principalmente se a pessoa não tem conhecimento da região. Além disso, as tampas dos bueiros tendem a sacar fora, sendo um risco à vida, pois o indivíduo pode ser sugado para dentro dele. Atravessar a correnteza também não é recomendado; devido à força das águas, a pessoa pode se desequilibrar e ser arrastada.

“Quando estamos em um local alagado, não vemos nada além do espelho d’água, então não tem como saber a profundidade do local e se há algum buraco ali, que tenha surgido no decorrer da chuva”, frisa.


Situação em alguns pontos de Teresina e do interior do Estado é alarmante e requer cuidado - Foto: Jailson Soares/O Dia

Pais devem recobrar atenção com as crianças 

Com as fortes chuvas, é comum que as crianças aproveitem para brincar nas poças d’água e correntezas que se formam, mas isso pode colocar a vida delas em risco, vez que podem ser arrastadas para bueiros ou galerias. O major Veloso, do Corpo de Bombeiros, chama atenção para os cuidados que os pais devem ter com os filhos neste período de chuvas intensas. 

Ele explica que já foram registrados casos no Piauí de crianças que foram levadas pelas águas. Isso ocorre em decorrência do pouco peso da criança, que não tem forças para se levantar da correnteza, ficando à deriva e vulnerável ao destino que a água levar, neste caso, os bueiros.

“Uma vez perdendo o equilíbrio, a pessoa perde o controle e é arrastada pelo local que a água segue seu fluxo natural, podendo chegar a uma galeria. É importante salientar que as pessoas que estão de motocicleta ou bicicleta também estão vulneráveis e já aconteceu caso de um motociclista que foi levado pelas águas porque não quis soltar a moto. Isso jamais deve acontecer. Sempre deve-se pensar na vida em primeiro lugar”, frisa.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes - Jornal O Dia

Deixe seu comentário