Eletrobras-PI orienta sobre padrão de entrada de ligações de energia

Segundo levantamento realizado pelo departamento de Serviços Técnicos Comerciais da Distribuidora, muitos pedidos de ligação são reprovados por erro técnico.

31/05/2017 13:38h

Compartilhar no

A Eletrobras Distribuição Piauí divulgou uma nota nesta quarta-feira (31) explicando como devem proceder as pessoas que desejam construir um imóvel e precisam fazer a primeira ligação de energia elétrica. Segundo a companhia, seu novo site na internet facilita o acesso às informações sobre o padrão de entrada de energia elétrica.

"Agora, além do atendimento convencional realizado nas agências de atendimento, o cliente pode visitar o site www.eletrobraspiaui.com e saber tudo o que é necessário para a montagem do padrão de entrada correto e, com isso, evitar atrasos na ligação", afirma a nota da distribuidora.

Pela nova ferramenta, o cliente informa a localização do seu imóvel (se do mesmo lado ou do lado oposto à rede de distribuição de energia elétrica) e do medidor de energia.

Ao prestar as duas informações, de maneira dinâmica e interativa, o cliente será apresentado ao seu padrão correto de ligação, detalhando cada uma das etapas necessárias para a construção adequada.

Segundo levantamento realizado pelo departamento de Serviços Técnicos Comerciais da Distribuidora, muitos pedidos de ligação são reprovados por erro técnico. Isso ocorre porque o consumidor quase sempre recorre a profissionais não habilitados que desconhecem o padrão adotado pela Eletrobras. Ao fiscalizar o imóvel, os técnicos encontram os componentes dispostos fora do padrão exigido.

De acordo com o gerente do Departamento de Serviços, Adail Viana, o padrão admitido segundo as regras adotadas pela empresa compreende o poste/pontalete, armações com isoladores, caixa de medição, dispositivo de proteção, aterramento, caixa de inspeção do aterramento, e ferragens, de forma a permitir a ligação da unidade consumidora à rede de energia elétrica. “A aquisição desse material é de responsabilidade do consumidor”, acrescentou.

Adail explica que a unidade consumidora cujo padrão de entrada não esteja em conformidade com as normas técnicas adotadas, não será ligada pela Eletrobras. “No ato da reprovação, o consumidor é orientado a realizar os ajustes necessários e, caso haja mais de uma visita técnica à unidade consumidora, será cobrado uma taxa por cada revisita”, alertou.

Convênio para profissionalização de eletricistas

O gerente destaca que a Eletrobras Piauí, por meio de convênio firmado com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/PI,) está investindo na formação de profissionais eletricistas, prediais e residenciais. O objetivo, segundo Adail, é aprimorar o conhecimento desses profissionais sobre o padrão para ligação de consumidores em Baixa Tensão. “É importante que os clientes procurem orientação antes de iniciar os serviços e só contratar pessoas habilitadas”, finalizou Adail.

Para fazer novas ligações ou adaptações de energia elétrica fique atento ao padrão de entrada. Procure nossos postos de atendimento ou visite www.eletrobraspiaui.com.

Compartilhar no
Fonte: Da Redação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário