• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Educação a distância no Ensino Superior cresce no Piauí

Esse crescimento ocorre devido às facilidades da internet que permitem que os ambientes virtuais das aulas se tornam cada vez melhores.

17/07/2019 09:19h

A educação a distância (EAD) vem, a cada ano, ganhando mais espaço como porta de entrada para o ensino superior de muitos brasileiros e também de piauienses. Para se ter uma ideia do crescimento da modalidade, o último Censo da Educação Superior, divulgado pelo Ministério da Educação em setembro, aponta cerca de 1,7 milhão de brasileiros estudando através da educação a distância, representando 21% das matrículas totais do ensino superior no Brasil. Em 2006, esse número era de apenas 4,2%. Hoje em todo o Piauí é possível encontrar cursos de graduação, técnico e de pós-graduação oferecidos tanto por instituições públicas quanto privadas.

Esse crescimento ocorre devido as inúmeras vantagens dos cursos EAD, especialmente, as proporcionadas pelas facilidades da internet que permitem que os ambientes virtuais das aulas se tornam cada vez melhores, facilitando o ensino e a aprendizagem. “Muitos fatores colaboram para o crescimento da educação a distância. Os avanços tecnológicos, a qualidade de ensino, a rotina agitada, a importância da profissionalização e capacitação em um mercado de trabalho competitivo são alguns deles”, afirma Janes Fidélis, pró-reitor de Ensino de uma instituição EAD que recentemente instalou um polo em Teresina que oferece mais de 50 opções de cursos de graduação e 80 de pós-graduação.


Foto: Divulgação

Ademais, os cursos EAD proporcionam flexibilidade de horários, autonomia e, no caso das instituições privadas, preço mais acessível do que os das modalidades presencial. Para a estudante de Design de Interiores, Rebeca Panaro Scarpeline, ela encontrou, na EAD, o caminho para conciliar trabalho e estudo. “Eu sempre me interessei pelo design, porém não poderia deixar de trabalhar para me dedicar a essa área. Assim, encontrei na EAD o caminho ideal. Hoje consigo organizar meu tempo entre estudos, trabalho e cuidados com a minha família. E a interação com estudantes de todo o Brasil permite uma troca cultural muito rica para o aprendizado”, conclui Rebeca.

Quem deseja optar por um curso superior ou de pós-graduação na modalidade EAD deve observar se a instituição é autorizada pelo MEC. "Com isso, o aluno tem a garantia que o seu curso está seguindo padrões de qualidade determinados pelo governo. Além disso, ele ainda irá receber um diploma igual ao de quem opta por um curso presencial”, destaca Renata Leite Cavalcante, empresária do setor em Teresina. 

Fonte: Da Redação

Deixe seu comentário