DNIT retoma alargamento de BR-135 em trechos da região sul do estado

Orçada em mais de R$ 78 milhões, o empreendimento deve alargar cerca de 164 quilômetros da rodovia federal

17/06/2020 13:03h

Compartilhar no

A Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)  no Estado do Piauí iniciou as obra de alargamento na BR-135, mais precisamente no trecho entre os municípios de Bom Jesus e Gilbués, na região Sul do estado.

Orçada em mais de R$ 78 milhões, o empreendimento deve alargar cerca de 164 quilômetros da rodovia federal. “Conhecida como rodovia da morte , já se transformou em rodovia da soja”, disse o senador Elmano Férrer (Podemos) ao anunciar a obra na última terça-feira (16).

BR-135, conhecida como "rodovia da morte" (Foto: Divulgação)

A previsão é que as obras de alargamento, que dará continuidade a outro trecho de 140 quilômetros entre os municípios de Bom Jesus e Eliseu Martins já finalizado, sejam concluídas em dois anos. Ao todo, o órgão deve investir quase R$ 200 milhões nas melhorias da BR-135.

“O empenho de todos nós na bancada piauiense em destinar os recursos necessários foi fundamental para a realização dessa obra que vai transformar aquela que era conhecida como Rodovia da Morte, agora na Rodovia da Soja. Com muito trabalho, vamos fazer o Piauí crescer cada dia mais”, reiterou o senador Ciro Nogueira (Progressistas)

Localização na região da fronteira agrícola do estado na divisa com os estados do Maranhão, Tocantins e Bahia (MATOPIBA), a expectativa é que o alargamento da pista beneficie e estimule a produção de grãos dos cerrados piauienses.

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário