• Curta Doar
  • Teresina 167 anos
  • Casa dos salgados
  • Novo app Jornal O Dia

Dias dos pais deve gerar aumento de 2,1% nas vendas

Em Teresina, lojistas estão animados e acreditam que incremento pode ser ainda maior.

08/08/2019 07:08h

O Dia dos Pais se aproxima e a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima que a data comemorativa gere um crescimento de 2,1% nas vendas em todo país. A previsão é que R$ 5,6 bilhões sejam movimentados no período, correspondendo a 4,5% de todo o faturamento esperado pelo setor no mês de agosto. 

Em Teresina, as lojas já estão repletas de opções e os lojistas estão esperançosos. Elissandro Gomes, gerente de marketing de uma loja de variedades no Centro de Teresina, afirma que seu estabelecimento espera um aumento de 20% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. 

“O mês de junho e julho foram meses bons de vendas, que abriram uma perspectiva muito boa para o início de agosto, e o Dia dos Pais. Já observamos um crescimento nos últimos dias e aguardamos que alavanque mais e que seja o melhor possível”, conta o gerente. 


Elissandro Gomes diz que os itens mais procurados são sapatos e acessórios - Foto: Elias Fontinele/O Dia

De acordo com Elissandro Gomes, os artigos para presentear os pais variam muito e podem ser desde vestimentas a perfumes. “O mais procurado para o Dia dos Pais são sapatos, carteiras, relógios, perfumaria e camisas”, descreve. 

Jucilene Costa, por exemplo, comprou duas camisas para os filhos presentearem o pai, no próximo domingo, dia 11 de agosto. A mãe costuma comprar uma lembrancinha diferente todo ano para o marido e afirma que sempre acerta na escolha. 

“Às vezes, eu gosto de comprar camisas, cuecas e toalha. Todo ano eu vario o presente e ele sempre gosta”, conta. Já a cuidadora Lucirene Pereira ainda não comprou o presente de seu pai, mas pretende comprar algo confortável para vestir. “Pretendo comprar acessório de dormir porque meu pai é acamado, então quero comprar coisas práticas como roupa de dormir, que seja fácil de colocar e tirar, e que ele se sinta bem”, explica.

Por: Sandy Swamy - Jornal O Dia

Deixe seu comentário