Dia do Piauí: cerveja à base de caju é lançada no Estado

Feita com suco do caju, fruto muito consumido em todo o Estado, a cerveja leva ainda as cores e elementos tradicionais da nossa terra.

19/10/2020 13:19h - Atualizado em 21/10/2020 18:52h

Compartilhar no

Aproveitando que hoje é comemorado o Dia do Piauí, a Ambev lançou nesta segunda-feira (19) uma cerveja que é a cara do piauiense: a Berrió. Feita com suco do caju, fruto muito consumido em todo o Estado, a cerveja leva ainda as cores e elementos tradicionais da nossa terra.

A presença do caju é sutil, mas marcante e refrescante. A identidade visual também leva características do nosso Estado, como o amarelo, que vem do Sol e do caju, e as letras, têm a referência do cordel.

Leia também: Piauí 198 anos: Os sabores da nossa terra 

A mestre cervejeira da Ambev, Gabriela Pires, conta que o suco do caju concentrado entra no processo de fervura da cerveja. Ao seguir para a etapa fermentação e maturação, o líquido já está com o aroma e sabor do fruto.

(Fotos: Assis Fernandes/ODIA)

“Quem provar, vai conseguir sentir no cheiro e sabor, mas é algo leve, então terá uma bebabilidade boa. É uma cerveja fácil de beber, gostosa, porque ela terá as notas do caju no aroma e no sabor. O caju é uma fruta muito perceptível, percebemos isso em todos os lugares que sempre tem cajuína, suco de caju, e agora vai ficar melhor ainda com a cerveja”, disse.

A mestre cervejeira Gabriela Pires explica o processo de produção da cerveja Berrió (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

Leandro Thot, gerente de Marcas Regionais da Ambev, explica como foi pensada a identidade visual da Berrió. “Se essa marca tem um dono, é o próprio piauiense. Essa cerveja é resultado de muita pesquisa e muita conversa com os piauienses para entender o que, de fato, era culturalmente relevante para as pessoas, e o que mais as pessoas manifestaram é essa relação do piauiense com o calor”, conta.

Para a produção da nova cerveja, a Ambev comprou na última colheita, 241,7 toneladas de caju, diretamente de produtores da agricultura familiar dos municípios de Monsenhor Hipólito, Francisco Santos, Campo Grande do Piauí, Canto do Buriti e Pio IX, por meio da Cooperativa Mista Agroindustrial de Francisco Santos, Cooperativa Mista Agroindustrial de Monsenhor Hipólito, e o Assentamento Nova Esperança de Pio IX.

(Foto: Assis Fernandes/ODIA)

Atualmente o projeto envolve 1.400 pessoas, entre produtores, colhedores, ajudantes de carregamento e descarregamento e transportadores. Ao todo são mais de 600 famílias impactadas positivamente pela produção local. A expectativa é chegar a quatro mil pessoas até 2025.

A comercialização da Berrió será exclusiva no Piauí, em garrafas retornáveis (600 ml) e em latas (350 ml). A nova cerveja de caju estará disponível no mercado a partir de novembro nos principais bares e mercados do estado.

Homenagem na Ponte Estaiada

Para encerrar o Dia do Piauí, a Berrió fará uma homenagem a todos os piauienses, em um espetáculo de imagens, luzes e cores, a partir das 18h, na Ponte Estaiada, um dos principais pontos turísticos de Teresina. Entre os dias 14 e 18 de outubro a Berrió convidou as pessoas a postarem fotos em homenagem ao Piauí, marcando o perfil @berriodopiaui. Estas fotos serão projetadas de hoje (19), até domingo (25), das 18h às 23h na ponte. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Isabela Lopes

Deixe seu comentário