• Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Detento é encontrado morto dentro de Penitenciária em Campo Maior

Somente em neste ano, sete detentos foram mortos dentro de penitenciárias no Piauí.

12/10/2019 15:30h - Atualizado em 14/10/2019 10:50h

Um detento identificado como Luís Ricardo, mais conhecido como “Ringo”, natural de Piripiri, foi encontrado morto em sua cela por agentes de plantão da Penitenciária Regional José de Arimateia Barbosa, na madrugada deste sábado (12), em Campo Maior.

Segundo o agente da delegacia Regional de Campo Maior, Baker Martins, o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e um inquérito policial foi aberto para apurar o caso.

Penitenciária Regional de Campo Maior. Foto: Governo do Piauí 

“Ele foi encontrado morto dentro da sua cela, então a gente fizemos os procedimentos legais que foi acionar o Instituto de Médica Legal (IML) para retirar e o corpo e abrimos um inquérito para apurar a morte dele”, disse.

O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), Cleiton Holanda, disse que o caso se trata de um assassinato, visto que, segundo ele, a penitenciaria é nova e tem segurança rigorosa.

“Olha esse caso se trata de assassinato. A estrutura da penitenciária é nova, eles dificilmente vão conseguir retirar os ferros da unidade além do mais tem uma segurança rigorosa. Então com certeza para disfarçar o assassinato ele simulam o suicídio”, explicou.

Além de Luís Ricardo, haviam mais oito detentos na cela que já estão sendo investigados. Somente neste ano, sete detentos foram mortos dentro de penitenciárias no Piauí. Quatro deles na Custódia, um na irmã Guido, outro em Parnaíba nesta semana e agora em Campo Maior.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Justiça informou que está investigando o caso.

“A Secretaria de Estado da Justiça informa que o detento Luiz Ricardo de Lima foi encontrado morto, na madrugada deste sábado (12), em sua cela na Penitenciária Regional José de Arimateia Barbosa Leite, em Campo Maior. O fato foi constatado após vistoria da equipe de plantão da unidade. O óbito foi comunicado à 5ª Delegacia Regional de Policia Civil e Instituto Médico Legal (IML), que esteve no local para procedimentos legais acerca do caso. A Sejus comunica, ainda, que está investigando o caso”, disse.

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário