De sutiã, feministas do Piauí protestam contra o machismo

Grupo Batucada Feminista organizou o ato na tarde de hoje.

07/03/2014 17:32h - Atualizado em 07/03/2014 19:38h

Compartilhar no

O grupo Batucada Feminista realizou, nesta sexta-feira (07), um ato público contra o machismo e contra todas as formas de preconceito na sociedade. Cerca de 50 mulheres participam da manifestação, que se concentrou na avenida Frei Serafim e bloqueou a passagem dos carros por algum tempo, liberando apenas a faixa dos ônibus.

Fotos: Jailson Soares/ODIA


Em seguida, as mulheres foram até a Delegacia da Mulher, passando pelo centro comercial e encerrando na Praça da Liberdade. O ato lembra o dia 8 de março, quando é comemorado o Dia da Mulher.

Algumas das manifestantes ficaram apenas de sutiã, como forma de subversão ao machismo. Entre palavras de ordem e discursos, elas cantaram uma versão da música Beijinho no Ombro, da funkeira Valesca Popuzuda. A letra original foi modificada para “beijinho no ombro pros machistas passarem longe”.

Segundo a feminista Iara Silva, o grupo de mulheres pretende também provocar as autoridades. “A Batucada Feminista vem para mostrar que a sociedade está vendo que nada é feito no Piauí em prol das mulheres”, disse a militante.


Uma viatura da Polícia Civil e alguns policiais militares acompanharam a manifestação de longe. Dessa vez, a intenção não era coibir o ato, mas garantir segurança às mulheres, já que um integrante do grupo autodenominado Irmandade Homofóbica fez ameaças de morte às feministas, através de um perfil no Facebook.


Compartilhar no
Por: Izabella Pimentel (do local) e Nayara Felizardo (redação)

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário