Dama da cultura popular, morre em Teresina aos 81 anos Maria da Inglaterra

Autora é intérprete do clássico "O Peru Rodou" e estava internada no HUT com um quadro de doença renal crônica. Maria da Inglaterra deixa legado na música popular.

08/05/2020 09:17h - Atualizado em 08/05/2020 11:24h

Compartilhar no

O cenário artístico e cultural de Teresina sofreu uma grande perda. Na noite desta quinta-feira (07) faleceu na capital aos 81 anos Maria Luiza dos Santos Silva, a Maria da Inglaterra. Ela estava internada no Hospital de Urgências de Teresina (HUT) em tratamento contra uma doença renal crônica.

Nascida a 21 de janeiro de 1940, Maria da Inglaterra ganhou os palcos do Brasil tendo composto mais de duas mil músicas e se mostrado um dos talentos mais versáteis na nossa cultura. Com seu sotaque folclórico, ela se tornou uma das maiores referências na música popular. 

Canções que viraram verdadeiros hinos da cultura piauiense foram entoados pela voz de Maria da Inglaterra com irreverência e particularidade. O seu maior clássico “Peru Rodou” ganhou repercussão nacional e levou inclusive prêmio disputados com outros grandes nomes da música brasileira como Geraldo Brito, Adelson Viana e Luizinho Duarte.


Maria da Inglaterra faleceu aos 80 anos no HUT, em Teresina - Foto: Jailson Soares/O Dia

Singularidade e ousadia

Nas palavras do sonoplasta José Dantas, Maria da Inglaterra sempre foi e sempre será uma figura marcada pela singularidade e ousadia. “É uma mulher que acreditou no sonho de ser artista e se atreveu a persegui-lo, subiu nos palcos da vida, cantou e encantou”, definiu.

Dama da cultura popular

Já para o sambista Robert Gleydson, Maria da Inglaterra se converteu na dama da cultura popular: “Uma dama genuinamente mafrense, uma referência de humildade, carisma, simpatia com um dom divino. A materialização da mulher sofrida e de personalidade da nossa terra com uma candura e sutileza angelical”, disse.

O velório de Maria da Inglaterra acontece em Teresina, restrito à família. O enterro está marcado para as 11 horas no Cemitério do bairro Pedra Mole.

Prefeitura decreta luto oficial

O prefeito Firmino Filho se manifestou nas redes sociais sobre a morte de Maria da Inglaterra. Em uma postagem, o chefe do Executivo de Teresina se referiu a ela como ícone a cultura popular e exemplo de fibra da mulher na luta. O prefeito escreveu: "Teresina perde um ícone da cultura popular e da fibra da mulher na luta por aquilo que ama. Maria da Inglaterra enfrentou todas as circunstâncias da adversidade. Mesmo assim compôs milhares de músicas que revelam a riqueza do nosso povo".

No mesmo post, Firmino destacou que Maria da Inglaterra merece estar no rol dos grandes artistas brasileiro "não apenas pelo talento, mas especialmente pela sua batalha na valorização da cultura mais genuína; que nasce do dia a dia da simplicidade e dos saberes populares".

A Prefeitura de Teresina decretou luto oficial de três dias em homenagem à Dama da Cultura Popular da capital e do Estado.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla e Marco Antônio Vilarinho

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário