CVV de Teresina promove seleção para novos voluntários

O curso de formação será realizado por meio de plataforma da internet às 14h do dia 19 de junho

01/06/2021 12:53h

Compartilhar no

O Posto CVV de Teresina irá promover, às 14h do dia 19 de junho, um curso de capacitação e seleção de novos voluntários. O curso de formação será realizado por meio de plataforma da internet. Os interessados em se tornarem voluntários do CVV em Teresina podem obter mais informações e se inscrever pelo e-mail [email protected] 

Em razão da necessidade constante de manter o apoio emocional prestado diariamente através do telefone 188, principalmente agora no período de pandemia, o CVV lança a campanha #TamoJunto, que reforça a presença 24 horas por dia de seus voluntários para conversar com quem sente que precisa de ajuda com seus sentimentos e emoções.

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

Para aumentar a capacidade de atendimento, os postos do CVV realizam periodicamente os Cursos Gratuitos de Capacitação e Seleção para novos Voluntários, no qual os candidatos são preparados ao longo de cerca de dois meses. Quase todos os postos adaptaram o Curso para o modelo remoto, garantindo segurança a todos participantes, sem deixar de atrair novas pessoas à equipe. 

“Nossas atividades são todas realizadas por voluntários devidamente preparados, com ênfase  nas relações humanas”, comenta Adriana Rizzo, voluntária do CVV há mais de 20 anos. “É uma conversa de uma pessoa com outra pessoa, sigilosa e anônima,” complementa. 

A campanha, ao mesmo tempo em que divulga o serviço oferecido gratuitamente pelo telefone 188 ou na internet (www.cvv.org.br), também convida as pessoas a se tornarem voluntárias. “Nosso principal recurso é nossa equipe de voluntários. Para atender mais pessoas, precisamos de mais voluntários”, afirma Adriana. 

Para ser voluntário do CVV é necessário ter pelo menos 18 anos de idade, tempo disponível para os plantões semanais e estar disposto a acolher pessoas que precisam conversar de maneira sigilosa. Não é necessário formação específica além do curso que o CVV oferece, pois a entidade realiza apoio emocional, e não atendimento psicológico ou psiquiátrico.

Conheça o CVV

Desde sua fundação, em 1962, o Centro de Valorização da Vida atua com base no contato humano como forma de apoio emocional, prevenção do suicídio e manutenção da saúde das pessoas, independentemente da proximidade física e da tecnologia envolvida nesse contato. 

Aos interessados em entender melhor o que é se tornar um voluntário do CVV, há um vídeo de dois minutos que explica o assunto - https://www.youtube.com/watch?v=fMj8IQ44yW4. A entidade é independente, sem vínculos políticos, religiosos, com a iniciativa privada ou outras instituições. Possui um convênio com o Ministério da Saúde para operação do telefone 188 sem comprometer sua independência de atuação.

O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os mais de três milhões de atendimentos de 2020 foram realizados por cerca de quatro mil voluntários em mais de 120 postos de atendimento pelo telefone 188 (sem custo de ligação), ou pelo www.cvv.org.br via chat, e-mail ou carta.

O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional (Foto: ODIA)

A entidade realiza também ações presenciais (temporariamente suspensas devido à pandemia), como palestras, Curso de Escutatória e grupos de apoio a sobreviventes do suicídio – GASS (https://www.cvv.org.br/cvv-comunidade/), frentes essas que geraram 2,8 milhões de contatos em 2019. O CVV é uma entidade financeira e administrativamente independente, mantendo-se por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas – para colaborar, acesse https://www.cvv.org.br/colabore.

Sobre o suicídio

O suicídio é um problema de saúde pública que mata pelo menos um brasileiro a cada 45 minutos, mais do que o HIV e muitos tipos de câncer. O movimento Setembro Amarelo, iniciativa brasileira para ampliar o impacto do dia 10 de setembro, dia mundial de prevenção do suicídio, foi iniciado em 2015 para sensibilizar e conscientizar a população sobre a questão – www.setembroamarelo.org.br 

* Dados do Ministério da Saúde

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário