Correia Lima vai para o regime semiaberto, decide juíza

A decisão da juíza Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos foi expedida nesta quarta-feira (09)

09/09/2020 17:11h - Atualizado em 09/09/2020 17:43h

Compartilhar no

O ex-coronel José Viriato Correia Lima ganhou progressão de pena e vai para o regime semiaberto, decidiu nesta quarta-feira (09) a juíza da Vara de Execução Penal da Comarca de Parnaíba, Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos.Correia Lima está preso desde 1999 acusado de comandar o crime organizado no PiauíEm junho, a defesa do ex-militar já havia tentado sua soltura alegando a pandemia do novo coronavírus . 

Na decisão, a juíza explicou que Correia Lima é condenado  a 129 anos  e 08 meses e prisão em regime fechado, mas já cumpriu 1/6 da pena, o que corresponde a 21 anos, 07 meses e 10 dias. A magistrada afirmou que os cálculos para a progressão de regime apontam que desde o dia 7 de agosto desde ano Correia Lima já poderia ir para o semiaberto.

Ex-coronel Correia Lima (Foto: Arquivo O Dia)

Além da quantidade de anos preso, a decisão está baseada também em exame criminológico realizado em Correia Lima e relatórios administrativo,   médico,  psicológico  e  de  assistência  social, e ainda no parecer favorável do Ministério Publico do Estado do Piauí.

“A conclusão  do  relatório  médico  aponta  a  inexistência  de  psicopatologias  no  interno.  O relatório de assistência social enfatiza que a ausência da família ocasionou por muitas vezes a sensação de abandono no réu, mas que ele permanece lúcio e orientado apesar do descuido com sua higiene pessoal, jamais tendo ocasionado transtornos na Unidade”, resumiu a juíza Maria do Perpétuo Socorro.

Trechos dos relatórios que permitiram a progressão de regime

Já o relatório administrativo apontou que o ex-coronel Correia Lima ‘está há um longo período sem histórico  de  faltas  disciplinares  e  insubordinação,  empregando  tratamento  respeitoso  aos servidores e com bom comportamento carcerário’.

Correia Lima irá cumprir o regime semiaberto na  Colônia  Agrícola  Major  César, estabelecimento prisional destinado ao cumprimento do regime semiaberto no Piauí. O ex-coronel deverá ser transferido logo após a unidade prisional informar se há vaga disponível para o apenado.

Compartilhar no
Por: Otávio Neto

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário