• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Corpo de Bombeiros traça estratégias para o período chuvoso

As situações que podem acontecer vão desde alagamentos, soterramentos, transportar famílias de um local para outro, desobstrução de locais por conta de quedas de árvores e fios energizados que caiam nas ruas.

30/01/2020 10:52h - Atualizado em 30/01/2020 16:14h

or causa do grande volume de chuva esperado para o Piauí instituições municipais e estadual se reuniram para pensar estratégias. As entidades estão visando possíveis emergências no período chuvoso. 

As situações que podem acontecer vão desde alagamentos, soterramentos, transportar famílias de um local para outro, desobstrução de locais por conta de quedas de árvores e fios energizados que caiam nas ruas. Como explica a relações públicas do Corpo de Bombeiros do Piauí, Major Najra Nunes.

“Foram reunidos representantes das defesas civis municipais e estadual, bem como os prefeitos do norte do estado. O objetivo é traçar planos de estratégias para possíveis emergências, não há nada preocupante ainda ou perigo eminente, este é um planejamento preventivo. Visualizando o que estamos acompanhando no restante do Brasil”, diz Najra Nunes.


Corpo de Bombeiros e autoridades traçam estratégias para o período chuvoso. Foto: Assis Fernandes

Assim, a major conta que cada município vai traçar o seu plano, de acordo com as necessidades de cada localidade. O corpo de bombeiros já tem seu plano de ação, equipes preparadas, viaturas de salvamento aquático e de soterramento.

“Para as famílias ribeirinhas o indicado é para que essas pessoas se informem sobre os riscos que estão vivendo. Se vocês estão perto de algum balneário que deve subir o nível de água, é ideal que procurem locais seguros, casa de parentes e amigos, que morem longe dos balneários. A gente sabe que o volume de água chega rápido levando os pertences, por isso é preciso Se preparar para não ser pego de surpresa”, afirma Najra Nunes.

As cidades que estão com maior atenção são Teresina, Barras, Batalha, Esperantina e Parnaíba. Estes municípios recebem um maior valor de água e estão procurando ter mais cuidado com as áreas de risco.

Por: Sandy Swamy

Deixe seu comentário