Contrato da PPP do Terminal Turístico de Barra Grande é assinado pela Setur

O acordo tem prazo de dez anos e prevê investimentos novos na estrutura

23/12/2020 17:44h

Compartilhar no

O contrato de Parceria Público-Privada (PPP) para administração do Terminal Turístico de Barra Grande foi assinado na manhã desta quarta-feira (23), pelo secretário estadual do Turismo, Flávio Nogueira Jr e o empresário vencedor da licitação na sede da pasta, em Teresina.

O prazo da concessão é de dez anos e prevê tanto a modernização e profissionalização do uso do equipamento como a incorporação de novas atividades para o melhor aproveitamento da estrutura existente, além de ações voltadas para a inclusão social, conservação e educação ambiental. 

(Foto: Divulgação/Ascom)

“É com muita felicidade que assinamos este contrato. O local irá fomentar e impulsionar o turismo em toda a região litorânea. Além disso, facilitará não somente o embarque e desembarque, como também será um centro de apoio aos turistas”, declarou Nogueira na ocasião da assinatura do documento.

Superintendente de Parcerias e Concessões (Suparc), Viviane Moura destacou que o termo para permissão de uso do espaço público pela iniciativa privada deve oferecer novos investimentos impulsionar ainda mais o turismo naquela região do litoral piauiense. “Vai dar mais conforto aos visitantes”, pontuou.

A empresa agora responsável pela gerência equipamento público informou que deve, nos próximos dias, verificar diversas questões do prédio, como organização da área para os veículos. A estimativa é que, após uma avaliação da obra complementar, se inicie o funcionamento dos serviços no local.

Inaugurado em julho de 2018, o Terminal Turístico de Barra Grande foi construído com o propósito de receber os turistas que chegam ao vilarejo e organizar os espaços públicos. O espaço possui mais de 785 metros quadrados de área construída, sendo dois pavimentos, e conta com boxes para empresas de transporte de passageiros, lojas de souvenires e vendas de passagens, praça de alimentação, área administrativa e estacionamento.

Compartilhar no
Por: Da Redação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário