Corpos de duas mulheres desaparecidas em naufrágio são encontrados; 3 seguem desaparecidas

Barco virou e afundou com família à bordo próximo a uma barragem no Rio Parnaíba em Antônio Almeida. Passageiros faziam passeio.

18/10/2021 09:01h - Atualizado em 18/10/2021 11:11h

Compartilhar no

Atualizada às 10h45min

Duas das cinco vítimas desaparecidas do naufrágio de um barco no rio Parnaíba foram localizadas nesta manhã. Os corpos de Elissandra Barros Siqueira, 21 anos, e Josilene Araújo Brito, 38 anos, foram encontrados e encaminhados para o hospital de Antônio Almeida para necropsia. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Município, que informou também a lista dos nomes dos que ainda seguem desaparecidos.

Os bombeiros seguem nas buscas por Maria Júlia Bezerra Magalhães, 4 anos; Fernanda Pereira dos Santos, 18 anos; e Juliene Bezerra Magalhães, 36 anos. Juliene e Maria Júlia são mãe e filha.

A Prefeitura Municipal de Antônio Almeida decretou luto oficial pela tragédia.


Iniciada às 09h01min

O Corpo de Bombeiros do Piauí está trabalhando nas buscas pelas cinco pessoas desaparecidas após um naufrágio ocorrido na noite de ontem (17) no Rio Parnaíba. O fato ocorreu na altura do município de Antônio Almeida, Sul do Estado. Entre os desaparecidos há uma criança de 4 anos, uma adolescente 16 anos e mais três mulheres. Segundo os bombeiros, as vítimas são parentes.


Leia também: Pescador encontra corpo de criança desaparecida há 24h no rio Parnaíba 


A informação do ocorrido foi confirmada pelo coronel Costa, dos Bombeiros, que está comandando as buscas. De acordo com ele, o local onde o barco afundou era próximo a uma barragem da região. “A informação que nos repassaram é que é uma área navegável bastante utilizada para banhos e passeios. Estamos fazendo o levantamento do local para que as buscas possam ser melhor norteadas”, explicou.


O naufrágio ocorreu no Rio Parnaíba - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros foram encaminhadas até o município de Antônio Almeida e iniciaram as buscas ainda ontem, mas o trabalho ficou prejudicado por conta da baixa visibilidade noturna. As buscas seguem nesta manhã (18) com o auxílio de pescadores que costumam fazer o trajeto que o barco naufragado fazia e que conhecem a região.

“Estamos nos revezando nestas buscas, alternando as equipes e dando celeridade onde podemos dar para encontrar as vítimas. Estamos procedendo com uma varredura e esperamos ter resultados positivos muito em breve”, finaliza o coronel Costa.

A Polícia Militar foi acionada e está auxiliando o Corpo de Bombeiros no levantamento a respeito da embarcação e de seus responsáveis.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário