• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Chuvas devem dar uma trégua na capital, mas continuam no Sul do PI

Segundo a meteorologista Sônia Feitosa, o fenômeno climático que contribuiu para o aumento das chuvas deve se afastar da região Norte.

05/12/2018 18:14h

As fortes chuvas que têm caído nos últimos dias em todo o estado do Piauí devem amenizar durante o final de semana na região Norte, incluindo a capital. A informação é da meteorologista Sônia Feitosa. Segundo ela, o fenômeno climático que contribuiu para o aumento das chuvas deve se afastar da região, diminuindo as chuvas torrenciais.

A combinação da Zona de Convergência do Atlântico Sul e da Zona de Convergência Intertropical foi o fator que causou os temporais registrados em vários municípios do estado na noite de segunda-feira (3) e durante o dia de ontem (4). A previsão é de que, com o afastamento da Zona de Convergência Intertropical, as fortes chuvas só retornem para o Norte do estado a partir do dia 10 deste mês. “Pode acontecer novamente, mas vai atuar mais pro sul do Piauí. Deve haver ainda chuvas consistentes hoje e amanhã, principalmente para a região Centro/Norte e Centro/Sul do Piauí”, explica a meteorologista. 

Segundo a meteorologista Sônia Feitosa, o fenômeno climático que contribuiu para o aumento das chuvas deve se afastar da região, diminuindo as chuvas torrenciais. (Foto: Elias Fontenele/ O Dia)

Segundo Sônia Feitosa, o período de chuvas ainda não se concretizou na região Norte do Estado, ao contrário do Sul do Piauí, especialmente na região de Picos, onde a estação de chuvas já está definida. “Em Picos choveu mais de 100 milímetros em um dia, assim como em municípios da região, como Jacobina que choveu quase 90 milímetros. Essa é uma região que chove pouco e só nesse dia choveu mais do que chove o mês todo”, relata.

Devido ao alto índice pluviométrico, a meteorologista faz um alerta para os municípios que possuem déficit no sistema de drenagem. “Isso é muita água [a chuva em Picos], então realmente se o sistema de drenagem não for bom, não tem como escoar. Imagine a catástrofe”, destaca. Por causa das fortes chuvas, o município de Picos chegou a demarcar quatro bairros como zonas de risco. Segundo moradores, o município registrou a maior chuva dos últimos anos nesta terça-feira.

Apesar disso, a meteorologista destaca que o período chuvoso no Piauí deve ficar abaixo da média em 2019. "A previsão é de que dezembro não seja tão bom de chuvas por causa do El Niño. Já em janeiro e fevereiro, no Centro a Norte do Piauí, deve se comportar de normal a levemente abaixo da média e, pro Sul do Estado, de normal para abaixo da média, mas vai haver uma nova reunião climática para saber se essa decisão se confirma", afirma.

Ontem, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) estabeleceu um nível de alerta para 224 municípios piauienses. De acordo com o mapa divulgado pelo órgão, quase a totalidade do território piauiense se situa em “Aviso de Atenção”, com risco de tempestades de raios e chuvas intensas e com potencial para algum evento crítico. A probabilidade de chuva é de 90% para todos os 224 municípios em alerta.

Confira a previsão completa:

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado