• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Chuva que caiu em Teresina nesta sexta fez rio Poti subir 1,75 m em 24h

Previsão é de que nas próximas o nível do rio suba mais 56 centímetros, ficando a 70 centímetros da cota de atenção.

14/03/2020 17:12h

A forte chuva que caiu em Teresina na noite de ontem (13), somado às precipitações que já se registraram hoje (14) contribuíram significativamente para o aumento o nível das águas do Rio Poti, que corta a cidade. Segundo os dados do monitoramento hidrográfico do Serviço Geológico Nacional, o rio Poti subiu 1,75 m de ontem para hoje, tendo registrado um acumulado de chuva de 47,2 mm em seu leito.


Leia também:

Piauí recebe alerta de alto risco para inundações em três municípios 

Cheia dos rios: Barras já tem 20 famílias e cerca de 100 pessoas desalojadas 


Na tarde de ontem, a altura das águas do rio estava em 4,99 metros, tendo atingido na tarde de hoje o nível de 6,74 metros. Com as chuvas previstas para a noite de hoje e a madrugada, a previsão é de que as águas do Poti subam mais, podendo atingir os 7,26 metros, ou seja, ficar a 74 centímetros de sua cota de atenção.

Assim com o Poti, o rio Parnaíba em Teresina também tem registrado um aumento do seu nível, ainda que em escala menor. De ontem para hoje, as águas do Velho Monge saíram de 3,53 metros para 3,74 metros, um aumento de 21 centímetros dentro do intervalo de 24 horas.

Vale lembrar que na região Norte do Piauí, o rio Parnaíba já se encontra na cota de alerta, acima dos 5 metros, embora nas últimas 24 horas, o nível de suas águas tenham diminuído de 5,21 metros para 5,05 metros. A cidade de Luzilândia, que é banhada pelo Velho Monge na região Norte encontra-se em risco moderado de inundação, conforme o alerta do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento de Desastres Naturais).


Chuva que caiu em Teresina nesta sexta fez rio Poti subir 1,75 em menos de 24h - Foto: O Dia

Rio Longá e Marataoan continuam acima da cota de inundação

As fortes chuvas que tem caído nos últimos dias inspiram maior cuidado nos municípios de Barras, Piripiri, Caxingó, São José do Divino e Buriti dos Lopes, que já estão castigados pelas cheias dos rios Longá e Marataoan. Estes três últimos municípios encontram-se sob alerta de alto risco de inundação, conforme o aviso emitido pelo Cemaden.

De ontem para hoje, o Rio Longá, em Esperantina, aumentou somente em um centímetro o nível de suas águas, mas como seu leito já transborda, o número é considerado preocupante, porque significa que ele continua subindo, ainda que de forma mais lenta. Atualmente, o nível das águas do Longá está 8,41 metros, um metro acima da sua cota de inundação.

Já no que respeita ao Rio Marataoan, o nível de suas águas diminui 20 centímetros de ontem para hoje, mas mesmo assim ele se mantém 76 centímetros acima de sua cota de inundação. Vale lembrar que a região de Piripiri possui pelo menos 400 famílias desabrigadas e a região de Barras, nas proximidades do Marataoan, já contabiliza ao menos 100 famílias que tiveram que deixar suas casas por causa da cheia.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário