• Campanha Mobieduca
  • Teresina shopping
  • HEMOPI - Junho vermelho
  • ITNET
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att

Cerca de 500 pessoas vão a ato pró-Bolsonaro na Ponte Estaiada

Manifestantes exigiram do Congresso Nacional a aprovação da reforma da Previdência, do pacote anti-crime e de outras propostas encaminhadas pelo Governo Federal.

26/05/2019 17:42h - Atualizado em 26/05/2019 19:06h

Um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) compareceu à Avenida Raul Lopes na tarde deste domingo (26) para manifestar apoio a propostas enviadas pelo Governo Federal ao Congresso, como a reforma da Previdência (PEC 6/2019), elaborada pela equipe do ministro Paulo Guedes; o pacote anti-crime, apresentado pelo ministro Sergio Moro; a aprovação da CPI da Lava Toga; dentre outras medidas.

O servidor público estadual Neiva dos Santos Ferreira, líder do Movimento Brasil Melhor no Piauí, acredita que os atos realizados em Teresina e em outras cidades do país servirão para pressionar a Câmara e o Senado Federal, e mostrar à classe política que os brasileiros não aceitam mais a "política do toma lá, dá cá". No complexo da Ponte Estaiada, onde o ato ficou concentrado, cerca de 500 pessoas estiveram presentes.


"Nosso ato é pelas reformas que o Brasil necessita. A tônica é reformas já! Nós entendemos que elas são necessárias para que o Brasil volte à rota do desenvolvimento. Sem elas o Brasil não vai voltar a crescer", afirmou Neiva dos Santos. 

Neiva também afirmou que os movimentos de direita no Piauí não defendem o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, pautas que foram levantadas por alguns ativistas nas manifestações realizadas pelo país.

"Nós não somos favoráveis a fechar Congresso. O que nós queremos é que o Congresso pense no país. Nós não somos a favor de fechar o STF. O que nós queremos é uma mudança na forma de escolha dos ministros. Que o STF julgue conforme as leis, e não de forma política, como tem ocorrido. O ideal é que todos os ministros fossem juízes de carreira e tivessem mandatos determinados", afirma Neiva dos Santos. 

Neiva dos Santos Ferreira (Foto: Cícero Portela / O DIA)

Além do Movimento Brasil Melhor, também participaram da organização do ato na Ponte Estaiada o Movimento Direita Piauí, Direita Piauiense, Brasil Melhor e Vem pra Rua.

O vereador Luís André, presidente do PSL no estado, disse que o partido apoiou o ato realizado na capital. "As pessoas estão indo pra rua para cobrar dos congressistas que aprovem as reformas. O PSL está fazendo parte do movimento, ao lado dos grupos de direita. É uma manifestação nacional e livre", afirmou o vereador.

Por: Cícero Portela

Deixe seu comentário