• Premium Outlet
  • Salve Maria
  • Jovens escritores 2019
  • Banner paraíba
  • AZ no rádio
  • cachoeir piaui
  • Novo app Jornal O Dia
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Cepisa é a empresa campeã de reclamações no Procon

Em média, o Procon do MPPI recebe entre 40 e 50 pessoas em busca de ajuda.

15/03/2019 06:57h

A Companhia Energética do Piauí (Cepisa) permaneceu em 1º lugar entre as empresas com o maior número de reclamações fundamentadas no Piauí no ano de 2018. Estas reclamações se referem as que foram constatadas que há um problema de fato. Os dados são do Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas, lançado ontem (14) pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), órgão integrante da estrutura do Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI). 

Segundo João Victor Rolim, técnico do MP-PI e atendente do Procon, o cadastro é uma forma de oferecer mais informações à sociedade sobre a qualidade de diversos serviços oferecidos em todo o Piauí. 

“O cadastro é formado pelas empresas que receberam o maior número de reclamações durante o ano de 2018. Fazemos um ranking com as dez empresas com mais reclamações, um ranking com as empresas que mais atendem essas reclamações e um outro ranking com aquelas que menos atendem. O cadastro é uma divulgação para o público em geral, para as pessoas tomarem ciência da situação das empresas”, esclarece. 


Serviço de distribuição de energia lidera reclamações no Procon - Foto: Arquivo O Dia

Para ele, com essas informações em mãos, o consumidor tem maiores chances de resguardar-se de eventuais problemas. As pessoas ainda têm dificuldades de buscar seus direitos e, muitas vezes, desconhecem quais situações infringem esses direitos. 

“Todo mundo que a gente conhece tem algum problema relacionado a direito do consumidor, mas nem todo mundo vai reclamar, nem todos vão ao Procon reclamar e poder solucionar. Está em desenvolvimento um projeto de expansão do Procon pelo Estado, nas prefeituras, inclusive aqui em Teresina será inaugurado o Procon Municipal. A ideia é que os Procons cheguem em outros locais para atender as pessoas e que o alcance social seja maior”, completa. 

Em média, o Procon Estadual, que funciona na sede do MPPI, recebe entre 40 e 50 pessoas por dia buscando atendimento, sem contar as audiências que ocorrem diariamente. 

Nota de esclarecimento 

A Cepisa atua com foco no desenvolvimento de suas equipes e investindo em tecnologia para atender às necessidades dos clientes de forma rápida e eficaz, de modo que os surpreenda positivamente. Pensando nisso, desde alteração do controle para o Grupo Equatorial, a Companhia vem estreitando o relacionamento e firmando parcerias com os órgãos de proteção ao consumidor. A Cepisa reitera que trabalha continuamente para melhorar a qualidade dos serviços prestados e a satisfação dos seus clientes.

Por: Ananda Oliveira - Jornal O Dia

Deixe seu comentário