• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Carros são arrastados e pessoas ficam ilhadas após tromba d'água em Currais

A força da água que desceu a serra foi tanta que soterrou dois veículos e deixou um grupo de 13 pessoas ilhado. Todos fora resgatados com vida.

25/03/2020 09:20h - Atualizado em 25/03/2020 11:03h

Os moradores da cidade de Currais, a 647 quilômetros de Teresina, foram surpreendidos na noite de ontem por uma enxurrada decorrente da forte chuva que caiu na região. Era por volta das 19 horas quando uma tromba d'água desceu a Serra da Laranjeira destruindo tudo que via pela frente, arrastando carros e danificando a estrutura PI-392, estrada que dá acesso ao município. Quatro veículos foram atingidos, sendo que dois ficaram soterrados, um conseguiu escapar sem muitos danos e outro acabou sendo levado pela força da água, indo parar a cerca de 4 Km do local onde tudo aconteceu.

As informações foram relatadas pelo Sargento Ariel Pacheco, do 19º BPM. De acordo com ele, o veículo que conseguiu chegar ao topo da serra era uma D20 e todos os ocupantes disseram estar bem. No entanto, uma outra picape que se envolveu no incidente, uma Hillux, estava desaparecida, o que levou os policiais a iniciarem uma incursão pela região à sua procura.


“Fomos informados de que esse carro tinha se deslocado para a serra, mas ainda não havia chegado. De imediato, começamos a busca junto com os populares e fomos no sentido contrário ao deslocamento da água para tentar encontrar pessoas desaparecidas e carros arrastados. Por volta de 4 Km de caminhada, ouvimos gritos de socorro, vozes de mulheres vindo de perto de uma cachoeira que se formou com a tromba d’água e identificamos 13 pessoas entre crianças, jovens, adultos e idosos que estavam no veículo até então desaparecido”, explica o sargento.


O grupo informou aos PM’s que o dono do veículo, identificado pelo apelido de Sacola, não quis abandonar o carro no momento da enxurrada e estava desaparecido desde então. O local onde o veículo se encontrava, de acordo com o sargento Pacheco, era de difícil acesso e cercado por terra instável com risco de desabamento. Ao checarem a Hillux, os policiais não encontraram ninguém dentro, no entanto os populares que chegaram para dar apoio informaram que Sacola tinha conseguido escapar e estavam sendo socorrido em um local mais distante dali.


“Então retornamos para onde estava o grupo, resgatamos todo mundo e os encaminhamos para os hospitais com ajuda do Samu. Uma parte foi para o Hospital de Bom Jesus e a outra para o Hospital de Currais. Um senhor identificado como Cecílio Leal dos Santos, estava em estado mais grave, mas segundo nos informaram os socorristas, estava estável”, finaliza o sargento Pacheco.

A PM informou que vai contactar o poder público e os órgão de defesa civil para que possa ser apurado o que aconteceu de fato e prestar a assistência necessária.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário