• Piauí Férias de Norte a Sul
  • SOS Unimed
  • Ecotur 2019
  • Novo app Jornal O Dia

Carmelina Moura é escolhida como procuradora-geral de Justiça do PI

A procuradora de justiça Carmelina Maria Mendes de Moura foi a mais votada entre os concorrentes ao posto máximo do Ministério Publico Estadual.

20/06/2019 08:38h

O governador Wellington Dias anunciou, na tarde desta quarta-feira (19), o nome da próxima procuradora-geral de Justiça do Piauí, que estará à frente do Ministério Publico do Estado no biênio 2019-2021. Carmelina Moura foi a escolhida, da lista tríplice formada a partir de votação interna entre promotores e procuradores.

A procuradora de justiça Carmelina Maria Mendes de Moura foi a mais votada entre os concorrentes ao posto máximo do Ministério Publico Estadual. Ela obteve 102 votos, superando Hugo Cardoso (100 votos) e Paulo Rubens (92 votos). A procuradora pretende implementar uma gestão marcada pelo diálogo. A posse deve ocorrer após o dia 12 de julho, quando encerra o mandato do atual procurador-geral, Cleandro Moura. “Buscarmos soluções consensuais para resolução dos conflitos, evitando ou diminuindo a judicialização de feitos”, pontuou a escolhida. 

Dias desejou sorte à nova procuradora-geral. “Vamos trabalhar cada um com sua missão, mas integrados nos propósitos maiores da nossa responsabilidade com o Estado. Há grandes desafios, inclusive na gestão da procuradoria, com momentos de dificuldade, e ela vai contar com nosso apoio”, declarou o governador. 

Presente ao anúncio da escolha da nova procuradora-geral de justiça, a vice-governadora, Regina Sousa, destacou pautas que necessitam de atenção especial. “Esperamos essa sensibilidade no acolhimento de demandas de fora pra dentro, dos programas existentes relacionados ao feminicídio, violência contra a mulher e lei Maria da Penha. Que o Ministério Publico interaja com a sociedade” considerou Regina. 

Currículo

Carmelina Maria Mendes de Moura é piauiense, natural de Teresina. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Piauí-UFPI e Especialista em Direito Processual pela UFPI/ESAPI. Atuou como advogada e Procuradora Federal da Sudene. Ingressou no cargo de Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí em fevereiro de 1996. Trabalhou no interior do Estado durante 13 (treze) anos, atuando nas Promotorias de São Félix do Piauí, Angical do Piauí, Itaueira, Pedro II, Água Branca, São Pedro do Piauí, São Gonçalo do Piauí, Regeneração, Arraial e Piripiri. Em 2009, foi promovida por antiguidade à 8ª Promotoria de Teresina, de entrância final. Atualmente, é titular da 24ª Promotoria de Justiça de Teresina. Foi Coordenadora do Centro de Apoio de Combate à Corrupção e Defesa do Patrimônio Público-CACOP e Assessora Especial Administrativa. Atualmente, é Subprocuradora de Justiça Administrativa, assessorando na elaboração de atos normativos e projetos de Lei, além de pareceres em procedimentos licitatórios. Integrou diversas Comissões, incluindo a de concursos para membros, servidores e estagiários. Foi representante da Administração Superior no Fórum Nacional de Gestão do Conselho Nacional do Ministério Público. É membro do Conselho Deliberativo do Fundo de Modernização do MPPI e Coordena os Comitês de Tecnologia de Informação – CETI e Gestor Estadual das Tabelas Unificadas. Atua como Membro Auxiliar da Corregedoria Nacional do Ministério Público, tendo participado de projetos e atividades correicionais em diversas unidades ministeriais. Possui formação em Programação Neurolinguistica, Reiki e Constelação Familiar Sistêmica.

Fonte: Da redação

Deixe seu comentário