• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Bombeiros usam viaturas reservas para reforçar combate a incêndios

Com expectativa de aumento das queimadas, corporação irá manter reforço nas equipes até o final do ano.

30/08/2019 15:50h - Atualizado em 30/08/2019 16:18h

Com a chegada do período mais quente do ano, o Corpo de Bombeiros reforça o alerta para a população, a fim de evitar incêndios seja em ambientes abertos, seja dentro de casas ou estabelecimentos comerciais.

Em entrevista à FM O Dia nesta sexta-feira (30) a Major Najra Nunes explica que o Corpo de Bombeiros reforçou as guarnições de combate a incêndio e agora passará a utilizar até as viaturas de reserva no combate às chamas.

Segundo a Major Najra, a atenção no combate ao incêndio irá perdurar até o final do ano será mantida. Em números divulgados recentemente, somente em Teresina os bombeiros realizam uma média de 12 a 15 atendimentos de combate a incêndio por dia .

“A tendência é ter um aumento desses atendimentos , mas nós contamos com a conscientização da população para que a gente acabe com essa cultura com as queimadas”, afirma.

Apesar das dificuldades, a Major Najra cita avanços obtidos para o Corpo de Bombeiros nos últimos anos, como Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para cada integrante da corporação e novas viaturas, distribuídas pelos batalhões dos bombeiros no estado.

““Estamos com uma estrutura boa para o atendimento dessas ocorrências que estão tendo agora. Uma estrutura bem diferente do que tínhamos há uns anos atrás”, afirma a Major Najra.


Major Najra Nunes, explica o reforço nas equipes de combate a queimadas. (Foto: Rodrigo Antunes/O Dia)

Apesar de grande parte dos incêndios serem registrados em ambiente aberto, muitas vezes os incêndios ocorrem em ambientes fechados, e são consequências do descuido em retirar aparelhos da tomada, verificar os possíveis vazamentos de gás e até oscilações elétricas.

“Muitas vezes os incêndios são causados por pequenos acidentes domésticos, esquecimento de eletrodomésticos ligados na rede mesmo sem estar em uso e aí sofre com oscilação de energia ou vazamento de GLP, tudo isso junto com o tempo quente e seco ocasionam os incêndios”, diz a major Najra.

Para situações como essa, os bombeiros orientam os donos de estabelecimentos comerciais, que geralmente demandam mais energia e tem maior probabilidade de causar incêndios, a manterem equipamentos, como extintores de incêndio, sempre em dia.

Em caso de queimadas, o número 193 é disponibilizado para chamada aos bombeiros. O número é de abrangência nacional e direciona a ligação para o quartel do Corpo de Bombeiros mais próxima do local. As recomendações são para que evite queimadas, cuidado ao descartar baganas de cigarros e evitar acúmulo de lixo em quintais e terrenos baldios.

Por: Rodrigo Antunes

Deixe seu comentário