Artistas piauienses recebem cestas básicas por causa do isolamento

Entre os beneficiados estão artistas de circo, música, teatro e de rua

20/04/2020 14:20h - Atualizado em 20/04/2020 14:25h

Compartilhar no

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) começou, nesse domingo (19), a distribuição de 300 cestas básicas aos artistas que passam por dificuldades durante o período de isolamento social. Os alimentos que chegam a quatro toneladas foram arrecadados durante a realização de live solidária do projeto Seis e Meia, que contou com a participação da cantora Joanna.

A entrega é feita em parceria com o Conselho Estadual de Cultura, que fez uma triagem dos artistas que não estão conseguindo manter as necessidades básicas durante a pandemia da Covid-19. Entre os beneficiados estão artistas de circo, música, teatro e de rua.“Tivemos um recorde de audiência e solidariedade durante a live, e agora começamos a entregar os alimentos arrecadados que estão sendo doados também para abrigos que cuidam da população de rua”, ressalta o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

Foto: Divulgação Secult

A ideia é que as lives solidárias sejam realizadas de 15 em 15 dias, às terças-feiras, dia da semana em que o Projeto Seis e Meia era realizado no Theatro 4 de Setembro.O propósito também é estimular a doação de sangue. Na última semana, o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 14ª Região (Crefito-14) mobilizou 100 profissionais voluntários que irão doar sangue ao Hemopi que, neste momento de isolamento social, registrou queda no número de doações.

Compartilhar no
Fonte: Da redação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário