• SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Apreensão de cocaína nas BRs do Piauí cresceu quase 1000%

O número comprova que o Piauí está sendo usado pelo tráfico de droga como rota para abastecer a cidade de Fortaleza-CE.

31/01/2020 14:49h - Atualizado em 31/01/2020 14:57h

A apreensão de entorpecentes em rodovias federais do Piauí aumentou consideravelmente no ano de 2019. Os números estão contidos no balaço da Polícia Rodoviária Federal divulgado nesta sexta-feira (31) e que comprova que o Estado está sendo usado pelo tráfico de droga como rota para abastecer a cidade de Fortaleza-CE.


Leia também

Piauí tem maior percentual de mortes no trânsito com motocicletas 


A quantidade de cocaína apreendida é a que mais chama atenção. Em 2018, a PRF havia aprendido 44,7kg da droga. No ano passado, foram interceptados assustadores 470,8kg sendo transportados pelas BRs que cortam o Piauí. Na comparação, o crescimento foi de 953,2%.

Segundo o relatório, a apreensão de maconha também apresentou crescimento, apesar de uma quantidade muito inferior. Em 2018 foram 453kg, enquanto no passado saltou para 621kg. A evolução foi de 37%.

Grande parte das drogas apreendidas foram encontradas com ajuda de cães (Foto: Divulgação / PRF)

Cigarro

Cargas com cigarros contrabandeados foram flagradas durante todo o ano. Ao contrário da cocaína e maconha que tinha como destinos outros estados na região Nordeste, os cigarros tinha o Piauí como mercado consumidor. O aumento nas apreensões foi de 642,4% no comparativo. Foram 1.633.990 de maços em 2019, contra 220 mil no ano anterior.

Anfetamina

Droga utilizada por motoristas para que consiga dirigir por longas horas, a anfetamina esteve mais presente nas apreensões das equipes da Polícia Rodoviária Federal. O salto de 255 para 1178 comprimidos apreendido representou um crescimento de 361,9%. 

Por: Nathalia Amaral e Otávio Neto

Deixe seu comentário