Após surto do filho, pai morre ao colidir carro em muro no Centro de Altos

O rapaz teria tomado a direção da caminhonete modelo Hilux, no momento em que o pai tentou impedi-lo pelo lado de fora

29/06/2021 15:22h - Atualizado em 29/06/2021 15:56h

Compartilhar no

Um bancário identificado como Mariano José Tenório Filho, de 60 anos, morreu na manhã desta terça-feira (29) após colidir seu carro em um muro no Centro de Altos.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Segundo a Polícia Militar, o acidente teria ocorrido porque o filho dele, Mariano José Tenório Neto, de 32 anos, teve um surto quando os dois pararam para beber água em um estabelecimento. O rapaz teria tomado a direção da caminhonete modelo Hilux, no momento em que o pai tentou impedi-lo pelo lado de fora. Nesse momento, o veículo o arrastou e colidiu em um caminhão que passava pelo local e, em seguida, em um muro de uma residência. O pai morreu no local.

“O pai tentou tirar o filho da direção do veículo pelo lado de fora, que colidiu primeiro em um caminhão e depois no muro de uma residência. O pai não resistiu e morreu no local. A informação que temos foi que esse acidente aconteceu pouco minutos depois deles pararem para beber água nesse local. O filho tem problemas psicológicos”, disse o Subtenente Raimundo, da Polícia Militar.

O filho teve apenas um ferimento leve no rosto e recebeu atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ainda no local. O condutor do caminhão foi identificado como James Barbosa de Sena Rosa e não teve ferimentos.

O Instituto de Médico Legal (IML) também foi acionado e fez a remoção do corpo. O local foi isolado para Perícia Criminal. A Polícia Rodoviária Federal também esteve no local para apurar as circunstâncias do acidente. 

O filho pode responder pelo crime de homicídio culposo (quando não há a intenção de matar).

Compartilhar no

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário