Após reunião com o PSDB, Sílvio Mendes diz que fica no partido

Silvio definiu que não irá participar de nenhuma campanha à presidência e aguarda uma definição até o início do próximo se será candidato ao governo do estado.

02/12/2021 10:51h - Atualizado em 02/12/2021 12:07h

Compartilhar no

O pré-candidato ao governo do Piauí, Sílvio Mendes, se reuniu com a cúpula do PSDB no estado na última quarta (01) e decidiu que irá se manter no partido. Após a vitória de Dória nas prévias do PSDB, se cogitou nos bastidores uma possível saída de Silvio do ninho tucano por discordar ideologicamente do governador de São Paulo. No encontro, que ocorreu no escritório do ex-deputado Luciano Nunes, Silvio definiu que não irá participar de nenhuma campanha à presidência e aguarda uma definição até o início do próximo se será candidato ao governo do estado ao lado de Iracema Portela


Leia também: Quatro deputados deixam o governo estadual para votar orçamento na Assembleia 


Foto: Jailson Soares/O Dia

Edson Melo, presidente do PSDB em Teresina,  revelou os bastidores da reunião e confirmou que Silvio não deixará o PSDB. "Ele deseja e quer continuar no PSDB, e não vai mudar sua posição a não ser que haja alguma coisa estranha dentro do partido, ele tem uma posição bem clara, ele não vai apoiar nenhum candidato a presidente da República", declarou o parlamentar. 

De acordo com Edson Melo, Silvio revelou não ter ansiedade pela definição da candidatura ao governo, às pesquisas serão definitivas."O Dr. Silvio está muito empolgado e muito otimista com a sua pré-candidatura, ele está muito satisfeito com a sua candidatura e o resultado em pesquisas eleitorais, respeitando o cronograma de estratégia das oposições que definirá o candidato em janeiro ou fevereiro", finalizou o vereador. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário