Após 8 dias internado, morre subtenente que caiu de ponte durante rapel

Ele despencou durante um treinamento, sofrendo lesões nas costelas e traumatismo craniano

26/05/2013 13:56h - Atualizado em 26/05/2013 18:57h

Compartilhar no

O subtenente de Infantaria do Exército Walfrâmio Fonseca, 42 anos, faleceu por volta das 15h45 deste sábado (25), após ter sofrido uma queda de rapel em Parnaíba. O corpo foi velado no município e, depois, trazido para Teresina, onde será sepultado.

Walfrâmio sofreu o acidente no último dia 18, quando finalizava uma aula de instrução de rapel para um grupo de militares na Ponte Simplício Dias, em Parnaíba. Na queda, ele fraturou três costelas e sofreu traumatismo craniano.

O oficial foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao  Hospital Estadual Dirceu Arcoverde. Ele ficou internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu. 

O estado de saúde de Walfrâmio era bastante grave. Os últimos exames de tomografia computadorizada mostraram uma redução do edema no cérebro, mas ainda com oscilações comprometedoras. Os médicos aguardavam uma evolução do quadro para transferir o oficial para uma clínica maior, mas não houve tempo para isso. 

Ele havia assumido o comando do Tiro de Guerra de Parnaíba em janeiro deste ano. 

Em nota, a Capitania dos Portos do Piauí lamentou o falecimento e solidarizou-se com a família do oficial. A Marinha destacou que “o subtenente Walfrâmio sempre demonstrou uma conduta exemplar, sendo um militar de grande fibra moral e comprometido com os valores e princípios militares”.

A nota diz, ainda, que “sua falta representará uma perda imensurável para o município de Parnaíba e para o Exército Brasileiro”. 

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Jornal da Parnaíba

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário