Aneel aprova redução de 1,45% na conta de energia no Piauí em abril

O valor representa os descontos da quitação antecipada da conta que cobre as despesas das distribuidoras de energia elétrica.

27/03/2019 07:54h - Atualizado em 27/03/2019 07:58h

Compartilhar no

A conta de luz deverá vir um pouco mais barata nos próximos meses para os piauienses. Isto porque, nesta terça-feira (26), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou uma redução de 1,45% na tarifa da Cepisa. A distribuidora de energia do Estado está entre as cinco do país que terão reajuste negativo após os cálculos feitos pela agência.

Na prática, a redução de 1,45% na tarifa de energia no Piauí terá um efeito médio de 11,01% após o desconto da Conta-ACR. Nos domicílios de baixa tensão, essa redução será em média de 10,81%; nos de alta tensão, ou seja, as indústrias, a redução será em média de 11,82% e o efeito médio para o consumidor ficará na casa dos 11,01%.


Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O valor da redução da tarifa reflete os descontos da quitação antecipada da chama Conta-ACR. Esta conta é administrada pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e se destina a cobrir total ou parcialmente as despesas das distribuidoras de energia elétrica decorrentes de exposição involuntária no mercado de curto prazo e dos despachos de usinas termelétricas vinculadas a contratos por disponibilidade do ambiente regulado.

Segundo a Aneel, o cálculo da tarifa extraordinária considera ainda o abatimento da parcela do empréstimo na Conta de Desenvolvimento Energético e também ajustes nas parcelas referentes a outras rubricas da CDE. “Temos buscado medidas para reduzir as tarifas, mas com o equilíbrio necessário para remunerar adequadamente as distribuidoras e manter a qualidade do serviço”, afirmou Rodrigo Limp, relator do processo na Aneel.

As novas tarifas entram em vigor a partir do dia 01 de abril.

Compartilhar no
Por: Maria Clara Estrêla

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário